Moda voltou à Alfândega do Porto e com novidades para os mais pequenos

Foto: Ana Regina Ramos

O Portugal Fashion regressou à Alfândega do Porto e trouxe ao norte do país, de 14 a 17 de março, 33 desfiles de estilistas e marcas nacionais. Este ano, também houve novidades na moda infantil.

A plataforma BLOOM marcou o primeiro dia da edição 44, onde os nomes mais recentes da moda nacional, deram asas ao seu talento e criatividade e apresentaram as suas propostas outono-inverno. Esta edição trouxe consigo uma novidade, o BLOOM UPLOAD, uma extensão da plataforma que destaca o talento dos jovens criadores que estão a dar os primeiros passos na moda.

Neste dia, a Alfândega do Porto recebeu ainda as coleções outonais de Mara Flora, Maria Meira, Daniela Pereira, Júlio Torcato, Hugo Costa e Maria Gambina.

A tarde do dia 15 de março, sexta-feira, arrancou com o desfile de Inês Torcato. A estilista apostou em peças em bombazina, no vinil bege e nos ombros XL. Houve ainda tempo para presentear o público com uma atuação do artista brasileiro Jaloo, com a sua mais recente música “Dói d+”.

Após o desfile de Sara Maia e Estelita Mendonça, foi a vez de Sophia Kah trazer à passerela coordenados muito elegantes. A atriz e bloguer portuguesa Raquel Strada foi a convidada especial da estilista.

Seguiram-se os desfiles de Katty Xiomara – que homenageou as mulheres e a boneca japonesa, Hello Kitty -, Pé de Chumbo e TM Teresa Martins. Diogo Miranda e Luís Buchinho trouxeram a Portugal as coleções que apresentaram em fevereiro, na Semana da Moda de Paris.

Por fim, a noite do segundo dia da 44ª edição do Portugal Fashion terminou com a coleção “Um inverno em África”, de Miguel Vieira.

No dia seguinte, sábado, dia 16, a Alfândega do Porto aqueceu com o sol de primavera e com o último desfile de Nuno Baltazar no Portugal Fashion. O estilista apresentou uma coleção emotiva, “Displaced”, inspirada na crise dos refugiados e no olhar despreocupado sobre este problema.

De seguida, surgiram na passerela as coleções da marca Meam e de Susana Bettencourt. Susana apresentou a coleção “Stop the clock” de uma forma original: os modelos entraram, pararam sobre uma plataforma colocada na passerela e, por fim, a estilista surgiu e convidou os presentes a verem mais de perto as criações.

O terceiro dia da edição 44 do Portugal Fashion contou ainda com o desfile coletivo dedicado ao mundo dos sapatos e das malas, assim como, da marca Concreto, Micaela Oliveira, Impetus e Alves/Gonçalves.

Luís Onofre fechou a noite com uma coleção de calçado desportivo chic, inspirada na neve, nas montanhas, no ski e no snowboard.

A manhã de domingo, dia 17 de março, último dia do evento, começou com uma novidade: a Portugal Kids Fashion Week. Além dos desfiles de quatro marcas de vestuário infantil – Laranjinha, Phi Clothing, Play Up e Turquesa Beach -, esta iniciativa contou ainda com um showroom Brand Up, com nove outras marcas e a ação “NOT a small talk: o negócio da moda infantil”, uma conversa informal entre pais e influencers.
Este segmento, onde as crianças foram as protagonistas, visou valorizar a moda infantil nacional.

Os designers, Marques’ Almeida, Alexandra Moura, Carla Pontes e David Catalán, apresentaram as suas propostas outono – inverno, durante a tarde de domingo. À exceção de Carla Pontes, os restantes criadores, trouxeram até à cidade invicta, as coleções que tinham apresentado nas Semanas da Moda internacionais.

O Portugal Fashion é um projeto da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), em parceria com a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP).

1 Trackback / Pingback

  1. Designers portugueses ajudam Moçambique – Jornal Referência

Deixe uma resposta