Fundação Bracara Augusta apresenta Mapa Literário Online de Braga

Foto: Viktor Levit/Pixabay

A Fundação Bracara Augusta, cofundada pela Universidade do Minho, apresentou na passada quarta-feira, 15 de julho, a iniciativa “BragaLit – Mapa Literário da Cidade de Braga”, cujo objetivo é a divulgação do turismo literário e contribuir para promover e valorizar a cultura e a língua portuguesas.

Marc Rodrigues é o autor desta nova iniciativa na cidade de Braga, uma vez que idealizou o “BragaLit” na sua dissertação de mestrado em Português Língua Não Materna – Português Língua Estrangeira e Língua Segunda, na Universidade do Minho, orientado por Micaela Ramon, professora do Instituto de Letras e Ciências Humanas da mesma universidade.

Este mapa literário foi criado a partir de excertos de 10 obras da coleção “Braga Cidade Bimilenar” e os 10 itinerários estão ao dispor do público num site criado para o efeito. Aqui, as pessoas vão encontrar excertos de 10 autores portugueses: Alexandre Herculado, Altino do Tojal, Antero de Figueiredo, Camilo Castelo Branco, José Manuel Mendes, Luís Forjaz Trigueiros, Luiz Pacheco, Manuel Teixeira-Gomes, Maria Ondina Braga e Ramalho Ortigão.

Os excertos incluem ainda cerca de 150 referências a monumentos, espaços públicos e comerciais e outros mais pitorescos, como são exemplos a Sé Catedral, a Avenida Central e o Bom Jesus que são os espaços mais citados pelos escritores.

Esta iniciativa conta com dez mapas literários, sendo que o primeiro divulgado é inspirado no livro “Quando o Claustro é Sem Ninguém”, de Maria Ondina Braga, refere uma nota da Fundação. Em relação a todos os outros, a Fundação Bracara Augusta vai disponibilizar no seu site oficial um novo mapa todas as quartas-feiras até dia 17 de setembro.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta