EM TELA: “My Octopus Teacher” – Uma amizade improvável

Imagem: Joana Aleixo

Recentemente, a Netflix presenteou-nos com mais um original seu, mas este não é um original qualquer: este documentário foi a primeira produção sul-africana original da Netflix.

Dedicado à vida animal, este espelha a vida aquática do mergulhador Craig Foster, demonstrando a estranha amizade criada entre ele e um polvo comum selvagem. Um documentário que retrata um ano de filmagens reais incríveis e de uma beleza ímpar numa floresta subaquática na África do Sul.

De fácil compreensão e pouco sensacionalismo, o poder deste documentário está, sem dúvida, na beleza das suas filmagens e nas declarações feitas por Craig Foster ao longo da história. Este conteúdo retrata o polvo como um molusco estranhamente inteligente, espelhando os seus movimentos, rotinas e a amizade que este expressa por uma figura que, no início, lhe é estranha (o homem), provando, assim, a inteligência destas criaturas marinhas ainda pouco estudadas.

Ao contrário de outros documentários sobre a vida animal, “My Octopus Teacher” não cai no erro do exagero quer gráfico, quer sonoro. Esta produção está, sem dúvida, de parabéns e merece o devido reconhecimento pelo alto nível de produção que conseguiu concretizar.

Uma história incrível e verídica recheada de simplicidade, realidade e qualidade.

Aconselho vivamente!

Foto: Netflix

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta