Taça de Portugal: Confiram as equipas que passaram à quarta eliminatória

Foto: Ana Regina Ramos/Canva

Na última semana decorreu a terceira ronda da Taça de Portugal. Confiram os resultados e as equipas que passaram à quarta eliminatória, que se vai começar a disputar no dia 11 de dezembro.

Sexta-feira, 20 de novembro 2020: ARC Oleiros 0 – 0 Gil Vicente FC

Num jogo que decorreu no Estádio Municipal de Oleiros, em Castelo Branco, as duas equipas terminaram os 90 minutos empatadas a zero e tiveram de ir a prolongamento. Nas grandes penalidades, o Gil Vicente conseguiu sobrepor-se ao ARC Oleiros, por 4 – 2, passando à quarta eliminatória da Taça de Portugal.

CD Feirense 0 – 1 Amora FC

Neste jogo com o CD Feirense, disputado no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira, o Amora FC marcou o primeiro e único golo da partida aos 24 minutos, passando à quarta eliminatória.

 

Sábado, 21 de novembro de 2020: Oriental Dragon FC 0 – 0 Leixões SC

Um jogo que decorreu no Campo do Juncal, na Moita, e que teve também de ir a prolongamento. Nas grandes penalidades, o Leixões SC conseguiu vencer o Oriental Dragon FC por 4 – 3 e, assim, passar à quarta eliminatória.

Clube Oriental de Lisboa 0 – 3 FC Famalicão

Esta partida, que decorreu no Estádio Engenheiro Carlos Salema, em Marvila, teve o primeiro golo, ainda antes da primeira hora de jogo, aos 53 minutos, por Gil Dias. Aos 68 minutos, após um canto, a bola foi desviada ao primeiro poste e Ruizinho, ao tentar afastar o perigo, acabou por fazer autogolo.

O FC Famalicão ainda viu o terceiro, aos 84 minutos, por Diogo Queirós, garantindo, desta forma, a passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal.

CDC Montalegre 2 – 3 Académico de Viseu FC

No Estádio Dr. Diogo Vaz Pereira, o Académico de Viseu FC iniciou a partida a vencer com dois golos, de Yuri Araújo, aos 39 minutos, e de Pana, aos 41. Aos 47 minutos, Yuri Araújo voltou a marcar, mas o CDC Montalegre conseguiu reduzir a desvantagem aos 57 minutos por Ouattara e, aos 74 minutos, Anderson Zangão ainda marcou por grande penalidade.

Tal resultado resultou na passagem do Académico de Viseu FC à quarta eliminatória.

GD Fabril do Barreiro 0 – 2 FC Porto

Num jogo disputado no terreno do Barreiro, o FC Porto conseguiu marcar, ainda na primeira parte, aos 45+1 minutos, através de Toni Martínez. Minutos depois, mas já na segunda parte, o clube voltou a marcar nas redes do GD Fabril do Barreiro, por Mehdi Taremi, aos 51 minutos, garantindo a passagem à quarta eliminatória.

FC Arouca 0 – 0 Vitória SC

Mais um jogo que teve de ir a prolongamento. Disputada no Estádio Municipal de Arouca, esta partida alongou-se até aos 120+7 minutos e terminou em 6 – 7 nas grandes penalidades, que deram a vantagem ao Vitória SC.

O Vitória SC viu, assim, garantida a sua passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal.

CD Trofense 1 – 2 SC Braga

Com este jogo no Estádio Clube Desportivo Trofense, o SC Braga garantiu a passagem à quarta eliminatória.

Ainda antes de terminar a primeira parte, aos 44 minutos, Abel Ruiz marcou, mas no início do segundo tempo, Alan Júnior reduziu a vantagem dos arsenalistas, empatando o jogo através de uma grande penalidade.

Contudo, nos três minutos de compensação antes de acabar a partida, Wenderson Galeno ainda conseguiu marcar mais um, dando a vitória ao SC Braga.

USC Paredes 0 – 1 SL Benfica

Mais de 30 anos depois, USC Paredes e SL Benfica voltaram a defrontar-se, mas a equipa da casa não conseguiu mudar a história e voltou a perder.

O único golo da partida foi marcado por Andreas Samaris, aos 26 minutos, e garantiu a presença do SL Benfica na quarta eliminatória.

 

Domingo, 22 de novembro de 2020: AD Fafe 5 – 1 GD Vilar de Perdizes

Num jogo que decorreu no Parque Municipal dos Desportos, logo aos 19 minutos foi marcado o primeiro golo da partida, por Jorginho.

Aos 37 minutos, foi a vez de Paulinho voltar a marcar para o AD Fafe, mas, três minutos depois, Francisco Estanga reduziu a vantagem e fez o 2 – 1.

No entanto, Ferrinho conseguiu marcar com sucesso na baliza adversária por duas vezes, aos 41 e aos 66 minutos. Também Rúben Marques fez um golo aos 45+1 minutos.

O AD Fafe conseguiu assegurar, desta forma, a presença na quarta eliminatória.

FC Felgueiras 1932 0 – 1 CD Tondela

Nesta partida jogada no Estádio Dr. Machado de Matos, em Felgueiras, o único golo só aconteceu já no tempo de compensação da segunda parte, aos 90+5 minutos, por Tomislav Štrkalj, através de uma grande penalidade e a favor do CD Tondela que passa, assim, à quarta eliminatória.

AD Limianos 1 – 2 GD Fontinhas

No Campo do Cruzeiro, o primeiro golo da partida surgiu ainda na primeira parte, aos 42 minutos, por Bruno Mendonça.

Aos 68 minutos, Fábio Pimenta empatou para o AD Limianos, mas pouco antes de terminar o jogo, aos 90+2 minutos, Bruno Mendonça voltou a marcar, garantindo a passagem do GD Fontinhas à quarta eliminatória.

Vilaverdense FC 2 – 3 Olímpico do Montijo

Numa partida jogada no Estádio Cruz do Reguengo, João Marna marcou o primeiro para o Vilaverdense FC aos 49 minutos e, aos 68, voltou a pontuar.

Mas Tiago Nunes reduziu a vantagem dos vilaverdenses aos 73 minutos, caminho seguido por Léo Teles, que marcou aos 82 minutos e, já quase no final, aos 90+3, assegurando a passagem do Olímpico do Montijo à quarta eliminatória.

SC Espinho 2 – 1 Gondomar SC

No Estádio Marques da Silva, os golos chegaram cedo. Aos 11 minutos, Betinho já marcava para o SC Espinho.

O Gondomar SC não ficou atrás e, aos 21 minutos, através de uma grande penalidade de Ângelo, empatou.

Contudo, o SC Espinho ainda conseguiu chegar ao segundo, quase ao cair do pano, aos 90 minutos por Manuel Lopes, garantindo a passagem à quarta eliminatória.

Desportivo de Monção 1 – 2 Rio Ave FC

Decorrido no Estádio Manuel Lima, o jogo entre o Desportivo de Monção e o Rio Ave FC teve o primeiro golo quase mal as equipas pisaram o campo, aos três minutos, por Gabrielzinho.

Aos 46 minutos, Ryotaro Meshino fez o segundo, mas, aos 51 minutos, Diogo Baptista reduziu a vantagem do Rio Ave FC, fazendo o 1 – 2, só que não foi suficiente para impedir que a equipa de Vila do Conde passasse à quarta eliminatória.

Merelinense FC 0 – 1 Moreirense FC

No Estádio João Soares Vieira, o primeiro e único golo da partida foi realizado por Pedro Nuno, aos 65 minutos, a favor do Moreirense, que viu, desta forma, garantida a sua passagem à quarta eliminatória.

UD Oliveirense 0 – 4 FC Paços de Ferreira

O jogo no Estádio Carlos Osório terminou com a vitória e passagem à quarta eliminatória por parte do FC Paços de Ferreira.

Aos 27 minutos, Marcelo fez o primeiro e, na segunda parte, João Pedro (55 minutos) e Douglas Tanque (66 e 84 minutos) fizeram os restantes três golos que ditaram o resultado desfavorável para o UD Oliveirense.

FC Vizela 0 – 1 Boavista FC

No Estádio do FC Vizela, o jogo com o Boavista FC foi longo e, só aos 104 minutos, portanto, já no prolongamento, é que Yusupha Njie marcou o primeiro e único golo da partida.

O Boavista FC garantiu, assim, a passagem à quarta eliminatória.

 

Segunda-feira, 23 de novembro de 2020: SC Salgueiros 2 – 1 SC Covilhã

O jogo no Complexo Desportivo de Campanhã também teve golos muito cedo. Aos dois minutos, Grinood Costa marcou para o SC Salgueiros.

Pouco mais de 20 minutos depois, Deivison empatou (24 minutos), mas, aos 36 minutos, Yannick Semedo fez o 2 – 1, assegurando a presença do SC Salgueiros na quarta eliminatória.

FC Penafiel 2 – 3 CS Marítimo

No Estádio Municipal 25 de Abril, o FC Penafiel começou a ganhar vantagem frente ao CS Marítimo, com um golo de Bruno César, aos 17 minutos, através de uma grande penalidade.

Outro golo através de uma grande penalidade se seguiu, mas favorável ao CS Marítimo, por Rodrigo Pinho.

Aos 57 minutos, Simãozinho marcou o segundo para o FC Penafiel, mas, novamente de grande penalidade, Rodrigo Pinho marcou. E, mais uma vez, aos 93 minutos, fazendo o 2 – 3.

O CS Marítimo garantiu, desta forma, a sua presença na quarta eliminatória.

Académica OAF 1 – 0 Varzim SC

O último jogo com equipas da região norte para a Taça de Portugal disputou-se no Estádio Cidade de Coimbra e contou com o único golo realizado por Mohamed Bouldini, aos 76 minutos.

Com este resultado, o Académica OAF assegurou a participação na quarta eliminatória da Taça de Portugal.

UD Vilafranquense – AD Sanjoanense

Este jogo ainda vai ser disputado no próximo dia 9 de dezembro e o resultado será depois atualizado aqui.

Ana Regina Ramos e Manuel Almeida

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta