EM TELA: “Pieces of a Woman”

Foto: Netflix/Canva

“Pieces of a woman” é um filme que nos faz criar empatia e perceber o sofrimento da mulher face a um cenário que pode ser um dos mais tristes da sua vida. A história conta-nos uma fase da vida de uma mãe que perde o bebé durante o parto, refletindo todos os pesadelos, dificuldades e toda a tristeza pela qual a mulher passou. Esta é, infelizmente, uma realidade que afeta muitas mulheres que, por vezes, se sentem sozinhas e incompreendidas na sua onda de sofrimento.

Este é um filme que esteve em alta na Netflix nas últimas semanas. Várias foram as críticas e os elogios ao “papelão” feito pela personagem principal. Contudo, não partilhamos a mesma opinião. Vamos aqui falar no enredo e de aspetos mais técnicos que nada têm a ver com a temática do filme porque essa já referimos que deve ser abordada.

Normalmente, os filmes começam calmamente e chegam a um ponto alto da representação que nos prende e envolve na cena. Isto não acontece neste filme, aliás, acontece exatamente o contrário. O momento alto do filme é logo no início, o que efetivamente nos prende ao ecrã (e, nessa cena, a atriz representa bem o seu papel). Contudo, o resto do filme é extremamente aborrecido e não nos sentimos envolvidos de forma alguma no enredo que nos é apresentado. Apesar de o filme tratar uma temática bastante importante acho que este foi feito de uma forma muito pouco apelativa.

Vejam o trailer aqui:

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta