Taça da Liga: FC Porto de fora e SC Braga segue para a fase final

Foto: Ana Regina Ramos/Canva

Na terça e quarta-feira jogaram-se as meias finais da Taça da Liga no estádio de Leiria. O FC Porto perdeu contra o Sporting CP ao cair do pano e o SC Braga foi superior ao SL Benfica e passou à fase final da competição.

Sporting CP 2 – 1 FC Porto

Os dois técnicos foram obrigados a mexer nos onzes iniciais a que têm habituado face às ausências. Foi o FC Porto a tomar as rédeas do jogo, com os comandados de Sérgio Conceição a mostrarem-se mais perigosos e a aproximarem-se mais vezes da baliza defendida por Adán. Aos 16 minutos, Zaidu entrou pela direita e, já dentro da grande área, tentou cruzar para Marega, mas o esférico acabou por sair pela linha de fundo.

O primeiro sinal de perigo do Sporting CP surgiu apenas aos 34 minutos, com o remate de Pedro Gonçalves, descaído à esquerda, a sair descalibrado e a passar por cima da baliza defendida por Diogo Costa.

O jogo estava perto de entrar os últimos 10 minutos e já se começava a prever mais um desempate por grandes penalidades, mas Marega deu início a uns 15 minutos bem preenchidos. Aos 79 minutos, o maliano fez o primeiro golo da partida.

Aos 85 minutos, após a marcação de um livre a favor dos leões, a bola foi aliviada pela defesa portista e sobrou para o avançado Jovane, que, com um remate de fora de área, assinou o golaço que repôs a igualdade no marcador.

Já em minutos de compensação, aos 90’+4′, Coates, após corte, lança Pedro Gonçalves que encontra espaço entre dois defesas portistas para colocar em Jovane que, pela esquerda, entrou pela grande área e chutou para o fundo da baliza do FC Porto.

SC Braga 2 -1 SL Benfica

Com um surto de Covid-19 no SL Benfica, Jorge Jesus foi obrigado a várias alterações na sua equipa para o duelo da meia-final. Já do outro lado, Carlos Carvalhal apresentou uma equipa na máxima força.

Em busca da vitória que garantisse a presença na final da Taça da Liga, prova da qual é o atual detentor, o SC Braga entrou pressionante e esteve perto de marcar logo ao primeiro minuto. Darwin, aos três minutos, criou a primeira oportunidade para o SL Benfica.

O avançado do SC Braga, Abel Ruiz assinou o seu quinto golo na época quando, aos 28 minutos, aproveitou um passe elevado de Ricardo Horta para desviar a bola para o fundo da baliza. O SL Benfica tentou responder e começou a crescer na partida. Darwin, aos 42’, atira ao poste e na recarga e ninguém achou o caminho para a baliza. Falta de David Carmo sobre Darwin no interior da grande área e penálti para os encarnados. Pizzi, chamado a converter, não desperdiçou e retomou a igualdade no marcador antes do intervalo.

Ricardo Horta, que deixou a sua marca nos dois golos, saltou nas costas de Todibo e cabeceou para o fundo da baliza dos encarnados aos 59 minutos. Os bracarenses continuavam por cima e chegaram mesmo a fazer o terceiro, com Fransérgio a atirar, mas estava em posição irregular e o golo foi anulado.

Com este resultado, o SC Braga vai defrontar o Sporting CP na final neste sábado, dia 23 de janeiro, pelas 19h45.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta