EM TELA: “Crime Scene: The Vanishing at the Cecil Hotel”

Foto: Netflix/Canva

“Crime Scene: The Vanishing at the Cecil Hotel” é uma série americana que documenta algumas histórias verídicas que ocorrem no famoso hotel Cecil na baixa de Los Angeles. Mesmo procurando explorar várias ocorrências neste cenário de horror, a série narra em particular a morte de uma jovem chamada Elisa Lam.

O hotel Cecil é um famoso hotel situado na baixa de Los Angeles e a sua  construção foi feita com o objetivo de acolher pessoas que estariam sem alojamento, ou que não tinham possibilidade de pagar uma renda. Deste modo, pessoas com poucas possibilidades começaram a viver no hotel, por um  preço bastante baixo. Contudo, ao longo do tempo, e visto que este hotel é situado numa localização central da cidade, o hotel começou a aceitar reservas de turistas e de pessoas que viajavam em trabalho, mas eram centenas as pessoas que viviam neste hotel de forma fixa: drogados, assassinos e assaltantes. Neste espaço foi capturado um dos assassinos em série mais importantes da época. Vários acontecimentos contribuíram para que o hotel fosse visto como um cenário de horror e de crime devido às mortes, aos assaltos e aos suicídios.

Mesmo com um leque vasto de diferentes opções e situações a abordar, a série retrata a morte de uma jovem viajante que não sabia onde se iria meter quando se alojou no hotel. Esta é uma serie documental que retrata a realidade do que se passava no hotel e o sensacionalismo é inexistente. Muito interessante é o facto da própria gerente do hotel dar o seu depoimento e opinião sobre as situações que lá ocorreram, demonstrando os dois lados da história, o que nem sempre acontece.

Um conteúdo que se ajusta aos amantes de séries que retratam factos verídicos, crime e de mistério.

Vejam o trailer aqui:

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta