20.ª Jornada da I Liga: FC Paços de Ferreira reforça quinta posição

Imagem: Ana Regina Ramos/Canva

Na jornada antes do clássico FC Porto frente ao líder Sporting CP, os dragões tiveram um jogo difícil na Madeira, mas um penálti marcado ao cair do pano fez com triunfassem por 1-2. Já o FC Paços de Ferreira consolidou o quinto lugar ao vencer o Vitória SC, que se encontra mesmo abaixo dos pacenses.

Sexta-feira, 19 de fevereiro: Boavista FC 1 – 0 Moreirense FC

Angel Gomes marcou, aos 53 minutos, o único golo da partida, permitindo ao Boavista FC interromper uma série de três jogos sem vencer e subir ao 14.º lugar, com 18 pontos.

O Moreirense FC, que não perdia há três encontros, mantém-se na sétima posição, com 25 pontos, enquanto que o Boavista FC se mantém na zona de despromoção com 18 pontos.

 

Sábado, 20 de fevereiro: Gil Vicente FC 1 – 0 CD Santa Clara

Um penálti ao cair do pano deu um triunfo ao Gil Vicente FC frente ao CD Santa Clara. Numa partida muito equilibrada, os galos foram premiados no final, já nos descontos, Lourency foi carregado em falta na área e Pedrinho, na conversão, não tremeu, dando os três pontos aos gilistas.

A equipa da cidade do galo está em 14.º lugar, com 19 pontos, já o CD Santa Clara está em oitavo, com 25.

 

Domingo, 21 de fevereiro: FC Paços de Ferreira 2 -1 Vitória SC

A formação forasteira adiantou-se no marcador aos 23 minutos, por intermédio do colombiano Óscar Estupiñán, mas o conjunto comandado por Pepa deu a volta ao resultado, com tentos dos ex-vimaranenses João Pedro, aos 33′, e Hélder Ferreira, aos 62′.

O FC Paços de Ferreira reforçou o quinto lugar da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Vitória SC. Na classificação, o FC Paços de Ferreira passou a somar 38 pontos, enquanto o Vitória SC, que somou o quinto encontro sem ganhar, manteve-se com 32.

Rio Ave FC 0 – 1 FC Famalicão

Um golo de Ugarte bastou para o FC Famalicão vencer por 1-0 na visita ao Rio Ave FC. Em Vila do Conde, os famalicenses derrotaram um Rio Ave FC em inferioridade numérica desde os 29 minutos, por expulsão com vermelho direto de Nélson Monte.

O Rio Ave FC encontra-se na nona posição, com 22 pontos, enquanto que o FC Famalicão está em 16.º, com 18.

SC Braga 4 – 2 CD Tondela

Lucas Piazón, aos 18 e 50 minutos, Ricardo Horta, aos 40′, e João Novais, aos 42′, marcaram os golos dos arsenalistas, que somaram o segundo triunfo consecutivo. Enquanto Souley, aos 84′, e Jaquité, aos 90’+4′, faturaram para o CD Tondela.

Na classificação, os comandados de Carlos Carvalhal passaram a contar 43 pontos, enquanto o CD Tondela manteve-se com 21, no 12.º posto.

 

Segunda-feira, 22 de fevereiro: CS Marítimo 1 – 2 FC Porto

O CS Marítimo tentou assustar o FC Porto nos primeiros minutos, com Tagueu a obrigar Marchesín à defesa logo aos três minutos, mas foram os dragões a inaugurar o marcador antes da passagem do primeiro quarto de hora no Funchal. Na sequência de um livre marcado por Sérgio Oliveira, encostado à esquerda, o esférico andou a rondar a grande área madeirense e, depois de muitas carambolas, acabou nos pés de Uribe que atirou para o golo aos 14’.

Sete minutos depois, na sequência de um canto, a bola acabou nos pés de Léo Andrade, após desvio de Joel Tagueu, com o defesa a encostar para o empate aos 18 minutos. Os dragões tentavam responder rapidamente para alcançar de novo a vantagem e pouco faltou aos 34 minutos, mas valeu Abedzadeh com duas boas defesas.

O segundo tempo começou, à semelhança do primeiro, com um aviso do CS Marítimo quando, aos 48 minutos, a equipa da casa saiu num contra-ataque rápido e Tagueu, pela esquerda, rematou para colocar os reflexos de Marchesín à prova.

O FC Porto continuava a carregar sobre o CS Marítimo e o golo da vitória acabou mesmo por surgir, com Francisco Conceição a ser ‘atropelado’ por Rúben Macedo no interior da grande área e com Vítor Ferreira a apontar de imediato para a marca de 11 metros. Otávio chegou-se à frente e não desperdiçou, assinando o golo de uma muito importante vitória portista.

Numa partida em que o dragão dominou do início ao fim, a equipa de Sérgio Conceição venceu o CS Marítimo por 2-1 e encontra-se em segundo lugar, com 44 pontos. Já os madeirenses somaram o seu sexto jogo consecutivo a perder na I Liga e ocupam o último lugar, com 17.

Em vésperas de clássico e com muito suor à mistura, o FC Porto manteve a distância de 10 pontos para o Sporting CP, no último jogo antes de receber o líder do campeonato.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta