Porto lança cartão que dá acesso ao museu da cidade e descontos em espetáculos

Foto: Ana Regina Ramos

A partir do dia 5 de abril, a Câmara Municipal do Porto lançará o cartão “Porto.”, dirigido a todos os munícipes com domicílio fiscal na cidade e ainda a estudantes com quarto ou casa arrendada.

O cartão “Porto.” dá acesso gratuito a todos os espaços do Museu da Cidade, descontos de 50% nos espetáculos do Teatro Municipal do Porto e no acesso às piscinas municipais, além de outras vantagens associadas, como a utilização gratuita do Funicular dos Guindais.

Está igualmente contemplado neste cartão que simboliza a identidade “ser Porto”, um desconto de 50% em todas as atividades organizadas pelos serviços culturais do município; um desconto entre 10 e 20% em produtos e publicações culturais da Câmara do Porto; e ainda uma visita gratuita aos Paços do Concelho, mediante marcação prévia.

No campo da mobilidade e ambiente, o cartão Porto. arranca com a utilização gratuita do elevador dos Guindais para todos os beneficiários, e também com um desconto de 50% no aparcamento de bicicletas no Parque da Cidade.

O acesso prioritário aos créditos de inscrição em atividades, workshops e oficinas dos serviços de educação ambiental é outra das vantagens associadas, assim como a redução para metade do preço da bilhética na entrada no Pavilhão da Água.

Uma outra vantagem é de que a partir de junho 2021, o cartão “Porto.” também vai agregar o cartão andante 13.18., mas, para isso, será necessária a ativação do serviço em cartao.porto.pt (brevemente disponível) ou presencialmente no Gabinete do Munícipe.

Com o cartão “Porto.” vai ser também possível, por SMS, informar o munícipe de que a rua em vive está cortada ou avisar para algum condicionamento de estacionamento ou de trânsito.

Será um cartão físico e uma experiência digital, em que o objetivo é agregar serviços e benefícios de diversas áreas, facilitando a interação entre o município do Porto e a sua população, refere o site “Porto.”.

Numa espécie de “três em um”, agrega o cartão que até agora existia para as bibliotecas municipais e que já facultava o acesso gratuito ao serviço de empréstimo domiciliário, ao Press Reader e ao espaço Internet; o cartão das piscinas municipais, com um desconto de 50% no acesso às instalações e prática de modalidade; e ainda o cartão dos teatros municipais, podendo o beneficiário do cartão “Porto.” usufruir de um desconto de 50% em todos os espetáculos e apresentações no Teatro Municipal do Porto (TMP), nos seus dois polos, Teatro Rivoli e Teatro do Campo Alegre.

“A partir do dia 5 de abril, os munícipes vão poder aderir online ao cartão, através do upload [carregamento] dos documentos necessários”, informou o vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo, na reunião de executivo municipal da manhã desta segunda-feira, em que foi apresentado o projeto, que implicou a alteração da tabela de preços e outras receitas municipais no Código Regulamentar do Município do Porto (ponto da ordem de trabalhos aprovado por unanimidade). A adesão gratuita poderá ainda ser feita “presencialmente”, no Gabinete do Munícipe, nas bibliotecas municipais do Porto, no Teatro Municipal do Porto – Rivoli e nas piscinas municipais.

“Esta é uma discriminação positiva a favor dos munícipes do Porto e segue o princípio já aplicado em muitas cidades italianas, onde este modelo é praticado. Não desvalorizando preços que, a nosso ver, são muito competitivos, permitirá que os munícipes tenham efetivamente uma série de vantagens”, afirmou o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, reforçando que este não é um modelo fechado e que, nesta primeira fase, o cartão é lançado como um “embrião de benefícios”, que poderão ser alargados mediante sugestões da própria população.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta