41ª Jornada da II Liga: Portimonense mais perto de se sagrar campeão

O Portimonense e o Desportivo das Aves já alcançaram o principal objetivo: a subida à primeira divisão. No entanto, ainda há outra meta para cumprir: a conquista do título de campeão nacional. A equipa de Portimão está a uma vitória de o conseguir, uma vez que levou três pontos desta jornada. Os avenses também venceram e estão a dois pontos do líder, à espera de um deslize. As contas não são tão felizes para o Vizela, que já caiu para a despromoção.

Sexta-feira, 12 de maio: FC Porto B 1-0 Vitória de Guimarães

A 41ª jornada da segunda liga arrancou em casa dos dragões B, que venceram o Vitória de Guimarães pela margem mínima.

Num jogo dominado pelo FC Porto, com maior posse de bola e mais oportunidades de golo, a primeira grande situação de perigo foi para os vimaranenses. Aos 17 minutos, Joseph fez um remate certeiro, mas o guarda-redes dos azuis e brancos desviou a bola para canto.

O primeiro tempo seguiu sem grandes lances de perigo de parte a parte, mas a segunda parte do encontro começou com um golo da equipa da casa. Inácio Santos posicionou-se no centro e, com um remate forte, fez o golo do jogo.

As duas equipas tinham entrado no jogo com igualdade pontual (57 pontos) e o mesmo número de golos sofridos (47), sendo que o Guimarães levava a vantagem de ter vencido por 3-0 o jogo da primeira volta. Agora, o Porto B segue no oitavo lugar da tabela e o Guimarães B está quatro posições a baixo, na 12ª posição.

Sábado, 13 de maio: Cova da Piedade 1-3 Aves

O Cova da Piedade perdeu em casa, por 1-3, contra o Desportivo das Aves, equipa que já garantiu a subida à primeira divisão.

A equipa da casa adiantou-se no marcador, com um golo de penálti de Dieguinho, aos 29 minutos. A resposta do Aves chegou na segunda parte do encontro.

O empate dos avenses chegou aos 56 minutos, com um golo assinado por Barry. Alexandre Guedes, que entrou apenas na segunda parte, fez o resto. Aos 80 minutos da partida, fez o 2-1 e acabou por fechar o marcador já nos descontos.

O Aves mantém o segundo lugar, a uma distância de dois pontos do Portimonense. O Cova da Piedade, por seu turno, está em 15º lugar.

Portimonense 3-2 Olhanense

O dérbi algarvio jogou-se esta jornada e terminou com a vitória do Portimonense sobre o Olhanenses, por 3-2. Com a subida à primeira liga garantida, a equipa de Portimão está, agora, mais perto de se sagrar campeã.

O marcador foi inaugurado pelo Portimonense, logo aos 10 minutos, com um golo de Tabata. Não tardou muito para que o Olhanense restabelecesse a igualdade, aos 22 minutos, por intermédio de Coubronne. Dez minutos depois, Gleison voltou a dar a igualdade à equipa da casa.

O terceiro golo do Portimonense surgiu de um penálti, já na segunda parte do encontro, marcado por Pires. Aos 57 minutos, Aguillar ainda reduziu a vantagem, mas a vitória já pertencia aos líderes do campeonato.

O Portimonense segue, assim, no topo da tabela, estando a uma vitória de conquistar o título. O Olhanense já tem por certa a descida de divisão, mantendo-se no último lugar da tabela.

Covilhã 1-1 Santa Clara

O Sporting da Covilhã conquistou apenas um ponto no último jogo em casa, empatando, por 1-1, com o Santa Clara.

O marcador foi inaugurado com um golo madrugador dos visitantes, aos 3 minutos. A resposta do Covilhã tardou, mas acabou mesmo por chegar, aos 81 minutos, com um golo do avançado Onyeka.

Os serranos caíram para o décimo lugar e seguem com 59 pontos. O Santa Clara está uma posição acima, com mais um ponto.

Vizela 1-1 Freamunde

O Vizela perdeu o lugar na segunda divisão ao empatar em casa, esta jornada, com o Freamunde.

Os três pontos eram obrigatórios para que o Vizela pudesse continuar a sonhar com a manutenção e entrou em campo decidido a conquistá-los, pressionando os adversários e criando situações de perigo.

Depois de desperdiçar uma grande penalidade, aos 28 minutos do encontro, os vizelenses chegaram à vantagem aos 41 minutos, com um cabeceamento de Miguel Oliveira.

Na segunda parte, o Freamunde entrou melhor e com mais posse de bola, a ameaçar a equipa da casa. O golo acabou mesmo por chegar aos 89 minutos, por intermédio de Paulo Grilo.

O empate em casa empurrou o Vizela para a despromoção, algo que também já estava certo para o Freamunde.

União da Madeira 5-1 Gil Vicente

O União da Madeira goleou o Gil Vicente em casa, por 5-1, com um hat-trick de Mica.

O Gil Vicente entrou bem na partida, a pressionar a equipa da casa. Aos 2 minutos, Paulinho tentou um cabeceamento, mas não passou de um susto para a equipa da casa. Os madeirenses não tardaram a dar resposta e aos 7 minutos inauguraram o marcador, por intermédio de Mica.

A ampliação da vantagem chegou no primeiro minuto da primeira parte, com um golo de cabeça, assinado por Flávio Silva. A resposta dos gilistas chegou por Marius Noubissi, a reduzir a vantagem.

Aos 61 minutos, o Gil Vicente viu a sua equipa reduzida a dez jogadores, após expulsão de Maudo. O União da Madeira aproveitou e começou o mar de golos. Aos 72 minutos, Flávio Silva bisou.

A figura do jogo, Mica, voltou a marcar aos 87 minutos e aos 90+3 e encerrou o marcador no estádio do Centro Desportivo da Madeira

O União da Madeira continua numa posição confortável, o sexto lugar. Já o Gil Vicente segue na 13ª posição.

Sporting B 1-2 Académica

O Sporting B perdeu em casa, por 1-2, contra a Académica. O jogo ficou marcado por um penálti insólito.

Os leões foram os primeiros a chegar à vantagem, com um golo de Gelson Dala.
O empate da Académica chegou na segunda parte, depois de Bugad ter tocado com a mão na bola, enquanto aquecia dentro de campo e ter dado penálti aos visitantes. Rui Miguel converteu a grande penalidade e bisou, fazendo a reviravolta no marcador.

O Sporting B está na 14ª posição da tabela classificativa e o Académica na décima.

Penafiel 0-0 Leixões

O jogo em casa do Penafiel, frente ao Leixões, terminou sem golos. Assim, só na última jornada é que a equipa de Matosinhos vai decidir a presença no play-off de permanência.

O jogo foi intenso e o Leixões entrou melhor e a ameaçar a equipa da casa. As oportunidades de golo, ainda na primeira parte, foram muitas para os visitantes, mas o guarda-redes Ivo Gonçalves negou cinco vezes o golo.

Perante um Penafiel tranquilo, o Leixões foi criando situações de perigo durante vários momentos da partida. Ainda assim, o jogo acabaria sem mudanças no marcador de parte a parte.

O Penafiel subiu ao terceiro lugar, depois do deslize do Benfica B. O Leixões segue na 18ª posição, dependendo apenas de si para garantir presença no play-off de manutenção.

Famalicão 2-1 Académico de Viseu

O Famalicão garantiu a presença no play-off ao vencer, em casa, o Académico de Viseu, por 2-1.

O marcador foi inaugurado pelos anfitriões aos 38 minutos, por intermédio de Ângelo. O Académico de Viseu demorou apenas 4 minutos a dar resposta, com um golo de Paná.

A equipa da casa só conseguiu restabelecer a vantagem aos 76 minutos do encontro, com Carlão a encerrar o resultado.

O triunfo permitiu que os famalicenses garantissem o lugar no play-off de manutenção. O Cova da Piedade segue no 15º lugar.

Fafe 2-1 Varzim

O Varzim caiu, esta jornada, para o sétimo lugar, ao perder em casa do Fafe, por 2-1. O Fafe continua a lutar pelo play-off.

O primeiro golo pertenceu à equipa da casa, aos 30 minutos de jogo, por intermédio de Agostinho Carvalho. Aos 69 minutos, Rui Costa deu o empate ao Varzim, mas a vitória acabou mesmo por pertencer aos fafenses, que aos 72 minutos fizeram o 2-1, assinado por Reinildo.

O Fafe mantém a luta pelo play-off. Já o Fafe, caiu na tabela classificativa, para o sétimo lugar.

Benfica B 1-4 Braga B

O Benfica B foi goleado em casa, esta jornada, contra o Braga B, por 1-4.

As ausências do Benfica B fizeram-se sentir num jogo em que os encarnados se deixaram dominar pelo Braga B. O marcador ficou intacto até aos últimos minutos da primeira parte. Já em cima dos 45 minutos, Leandro Silva começou a escrever a vitória dos bracarenses.

As águias desperdiçaram o empate, aos 49 minutos, com Heriberto a falhar uma grande penalidade. A igualdade acabaria por chegar ao minuto 68, por intermédio de João Félix.

Os três golos que faltavam ao Braga B para fechar o resultado chegaram aos 79 minutos, por Bruno Jordão, aos 84 por Bruno Wilson e, já nos descontos, por intermédio de Joca.

O Benfica B está no quarto lugar da tabela e o Braga B no quinto.

Mónica Moreira

Deixe um comentário

error: Content is protected!