“Vaudeville Rendez-Vous” regressa este mês

Foto: "FaceNord" | Milan Szypura

O maior festival de novo circo da região norte regressa pela quarta vez ao Minho. Entre 26 e 29 de julho, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão recebem mais uma edição “recheada de espetáculos de novo circo das mais reputadas companhias nacionais e internacionais”, lê-se, em comunicado.

Durante quatro dias, aquele que é considerado o maior e mais importante festival de artes de rua e circo contemporâneo da região norte tem previstas 21 apresentações de dez espetáculos programados, entre os quais, duas co-produções em estreia absoluta e seis estreias nacionais, reunindo mais de 70 artistas portugueses e internacionais.

A abertura decorre a 26 de julho, dia em que as ruas de Vila Nova de Famalicão serão invadidas, às 22 horas, pela companhia “Un Loup pour L´Homme“, com o espetáculo “Face Nord“, que testa os limites do corpo do acrobata.

Uma das novidades de 2017 é a “Demudar” – uma estreia da responsabilidade dos alunos do primeiro ano do Instituto Nacional de Artes Circenses (INAC) – um espetáculo que explora “a relação entre as artes do circo e do teatro” e que pode ser visto em Braga no dia 27 e em Guimarães no dia 29 de julho.

O “Sentido: Uma linha que une Portugal e Itália” (28 de julho em Guimarães e dia 29 em Braga), o “Landscape: Serão homens ou pássaros?” (27 de julho em Braga, dia 28 em V.N. Famalicão e 29 em Guimarães) e o “Ex-Aequo: Onde guardo a minha planta?” (V.N. Famalicão dia 27, Braga dia 28 e Guimarães dia 29) são apenas alguns dos exemplos das performances de entrada gratuita para miúdos e graúdos.

O objetivo do “Vaudeville Rendez-Vous” é, segundo a organização, “promover a valorização da criação nacional das áreas do circo contemporâneo, teatro físico e formas transdisciplinares”, num programa que é co-financiado pelo Programa Operacional Regional do Norte, o Norte 2020, através do Portugal 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta