Metro do Porto já não vai fazer greve no fim de semana da Red Bull Air Race

O Sindicato dos Maquinistas desconvocou esta quinta-feira, dia 31 de agosto, a greve dos agentes de condução do Metro do Porto que tinha anunciado para os dias 1 a 4 de setembro, coincidindo com a data em que se realizará o evento da Red Bull Air Race.

Com a greve desconvocada, no seguimento das conversações havidas entre o Sindicato dos Maquinistas (SMAQ) e as empresas Prometro e Metro do Porto, SA, e dos contactos realizados entre as partes, o Metro do Porto decidiu, pelo contrário, reforçar os seus serviços para os dois dias do evento Red Bull Air Race.

Quer no sábado, quer no domingo, dias 2 e 3 de setembro, “a capacidade da rede encontra-se maximizada com a introdução de veículos duplos em todas as linhas”, garantiu a empresa Metro do Porto. A frequência de passagens de veículos também vai ser maior, entre as 15 horas e as 20 horas, com um tempo médio de espera de 6 minutos. Ainda dentro deste horário e no tronco comum às linhas A, B, C, E e F, serão acrescentadas três passagens por hora ao horário, previstas para o troço Senhora da Hora/Estádio do Dragão.

Por motivos de segurança, a estação Jardim do Morro, encontrar-se-á fechada de 1 a 3 de setembro.

Trânsito em Gaia e no Porto condicionado durante o fim de semana

Dezenas de ruas da zona ribeirinha de Vila Nova de Gaia estarão interrompidas entre as 8 horas e o fim da tarde, a partir da próxima sexta-feira, dia 1 de setembro e até domingo, devido à realização da Red Bull Air Race.

No site da Câmara de Gaia, a autarquia informa que os condicionamentos abrangem as avenidas Diogo Leite, Ramos Pinto, Manoel de Oliveira e Mestre José Rodrigues, além do tabuleiro inferior da ponte Luiz I. O Cais de Gaia, da Fontinha, Capelo e Ivens, do Cavaco e do Lugan, nas ruas Cabo Simão (a partir da rua do Registo), Gonçalves Zarco, Rodrigues de Freitas, Rocha Leão, Jau, Luís de Camões, Fervença, Pilar, General Torres (entre a rua Dr.Daniel Serrão e o largo Luiz I), Choupelo e do Bairro da CP serão lugares que também serão alvo de condicionamento do trânsito.

As vias da Misericórdia e Rosa Mota, bem como as ruas da Praia, São Pedro, Cavaco, 28 de Janeiro, Rei Raimundo, Grémio da Prosperidade, André de Castro, Pereira da Costa, José Guimarães, José Falcão, Dr.º António Granjo e Serpa Pinto estarão também cortadas. Será ainda proibido circular no sentido sul/norte (descendente), nas ruas Dom Afonso III, Dona Leonor de Freitas, Valente Perfeito e Abílio de Azevedo.

Na Invicta, será proibido circular em toda a marginal desde o Freixo até à rua D. Pedro V durante sexta feira, dia 1 de setembro, medida que se prolongará durante todo o fim de semana. Nestes dias, esta interdição será ainda alargada ao Fluvial e inclui a Rua D. Pedro V. Algumas zonas da baixa portuense, da Praça Almeida Garrett até à Rua de Camões, estarão igualmente cortadas ao trânsito.

Já o estacionamento será proibido no cais do Lugan, do Cavaco, Cais Capelo e Ivens, Fontainha, de Gaia, nas avenidas Ramos Pinto e Diogo Leito, nas ruas Serpa Pinto, do Cavaco, Rei Ramiro Pereira da Costa, Cândido dos Reis e General Torres.

No Palácio de Cristal, a Casa do Roseiral estará reservada, desde a próxima sexta a domingo aos cidadãos com mobilidade reduzida que queiram assistir ao evento, sendo que podem levar consigo um cuidador.

A entrada para a Casa do Roseiral faz-se pela Rua Jorge Viterbo Ferreira e as portas estão abertas entre as 9 horas e as 18 horas.

Cláudia Magalhães, Denise Pessoa e Ana Regina Ramos

Deixe um comentário

error: Content is protected!