Mosteiro de São Bento da Vitória acolhe Festival Internacional de Marionetas do Porto

O Mosteiro de São Bento da Vitória acolheu, na passada sexta-feira, dia 13 de outubro, a abertura do Festival Internacional de Marionetas do Porto (FIMP), com o espetáculo “Marionetas tradicionais de um país que não existe”. A peça pode ser vista durante alguns dias do mês de outubro.

O espetáculo “Marionetas tradicionais de um país que não existe” é uma peça de Igor Gandra e retrata a filosofia amorista, em que o amor incondicional é visto como a única solução para humanidade, tornando-se depois num verdadeiro “terror”. A peça destina-se para maiores de 16 anos e pode ser vista entre 13 e 15 de outubro e de 26 a 29 de do mesmo mês, por 10 euros. A sessão de 28 de outubro será também em Língua Gestual Portuguesa.

Ainda no âmbito da edição de 2017 do Festival Internacional de Marionetas do Porto, no dia 18 de outubro, quarta-feira, às 21h00 e às 22h30, o Mosteiro de São Bento da Vitória receberá o espetáculo “Phobos”, do músico e compositor, Gustavo Costa. A peça retrata a sobreposição tecnológica ao pensamento humano, as formas de escravidão dos dias de hoje, o retrocesso da liberdade e as tentativas de expressão humana através das tecnologias.

O espetáculo “Marionetas tradicionais de um país que não existe” é uma coprodução do Teatro Nacional São João e do Teatro do Ferro e será exibida às quintas e sextas-feiras, às 21h00, aos sábados, às 19h00 e aos domingos, às 16h00.

Deixe um comentário

error: Content is protected!