“Correntes d’Escritas” na Póvoa de Varzim até sábado

Foto: Rey Seven/Unsplash

A Póvoa de Varzim recebe, desta terça-feira até sábado, dia 23 de fevereiro, a 19ª edição do “Correntes d’Escritas”, que terá mais de 80 escritores de 14 nacionalidades de línguas hispânicas e portuguesas.

Os poetas Isaque Ferreira, João Rios, Renato Filipe Cardoso e Rui Spranger declamarão poesia nas Escolas e no Cine-Teatro Garrett, nesta quarta-feira.

Nesse mesmo dia, será a sessão oficial de abertura, no Casino da Póvoa, pelas 11 horas, em que serão revelados os vencedores dos Prémios Literários 2018 (Casino da Póvoa; Correntes d’Escritas Papelaria Locus; Conto Infantil Ilustrado Correntes d’Escritas Porto Editora; Fundação Dr. Luís Rainha Correntes d’Escritas) e lançada a “Revista Correntes d’Escritas 17”, com um dossiê dedicado a Luis Fernando Verissimo, escritor presente na sessão.

Ao longo dos quatro dias serão também lançados vários livros – ao todo, 14 – e realizadas dez mesas por onde passarão dezenas de escritores para interpretarem os temas sugeridos pela organização, uma “Correntes à conversa” e uma Mesa de tradução.

Além disso, haverão também duas exposições, uma sessão de cinema, um Estúdio de Luz Natural e a habitual Feira do Livro.

Os escritores estarão também mais próximos dos alunos dos diferentes níveis de ensino das escolas do concelho, segundo informa a autarquia no site: o evento irá até à Universidade Sénior, com o escritor Onésimo Teotónio Almeida.

“Com o objetivo de contagiar toda a cidade”, a organização desafia inclusive os comerciantes a entrarem no espírito literário do festival e criarem uma pequena livraria dentro do seu espaço.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta