Nuno Cardoso é o novo diretor artístico do Teatro Nacional São João

Nuno Cardoso é a nova escolha da Secretaria de Estado da Cultura para a direção artística do Teatro Nacional São João (TNSJ).

Aos 48 anos, Nuno Cardoso substitui Nuno Carinhas, já a partir de 1 de janeiro de 2019.

Natural de Viseu, o ator e encenador Nuno Cardoso iniciou a sua carreira, em 1994, ainda enquanto estudante universitário, integrando o CITAV – Centro de Iniciação Teatral da Academia de Coimbra. No mesmo ano, fundou ainda o coletivo “Visões Úteis” e, quatro anos depois, de 1998 a 2003, assegurou a direção artística do Auditório Nacional Carlos Alberto.

Mais tarde, em 2001, criou o “Ao Cabo Teatro”, vindo a assumir após seis anos, a direção artística, levando ao palco grandes clássicos. Em 2007, foi responsável pela programação do Teatro Carlos Alberto, estrutura que passou a integrar o núcleo do TNSJ.

Nuno Cardoso, desenvolveu também alguns projetos teatrais de cariz comunitário, nomeadamente “PRJ.X.Oresteia”, no Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira, “R2”, uma peça interpretada por jovens do Bairro da Cova da Moura e “Porto S.Bento”, com a colaboração de moradores do centro histórico do Porto.

No Teatro Nacional São João, o encenador visiense fez várias produções, onde a encenação de “Demónios”, da autoria do sueco Lors Norén, valeu-lhe o Prémio Autores 2016, da Sociedade Portuguesa de Autores, na categoria de melhor espetáculo.

Nuno Cardoso sucede assim a Nuno Carinhas, onde o Ministério da Cultura agradeceu, em comunicado, a sua dedicação, empenho e papel fundamental que desempenhou ao longo de quase dez anos de direção artística do Teatro Nacional São João.

Deixe um comentário

error: Content is protected!