Goleada do SC Braga frente ao SC União Torreense nos oitavos de final da Taça de Portugal

Imagem: Ana Regina Ramos/Canva

Os oitavos de final da Taça de Portugal tiveram algumas surpresas. Clubes “mais pequenos” eliminaram clubes do primeiro escalão do futebol português, como é o caso do GD Estoril Praia, que eliminou o Rio Ave FC. O FC Porto voltou a ter um jogo difícil frente ao CD Nacional, mas, no prolongamento, conseguiu-se apurar para a próxima fase. Já o SC Braga goleou com uma mão cheia de golos o SC União Torreense.

Terça-feira, 12 de janeiro: Rio Ave FC 1 – 2 GD Estoril Praia

O GD Estoril Praia chegou ao intervalo a vencer por 2-0, com golos de Yakubu Aziz, aos 14 minutos, e de André Vidigal, aos 31, tendo Gelson Dala reduzido aos 65′ para a equipa vilacondense, 10.ª classificada na I Liga.

O GD Estoril Praia, líder da II Liga de futebol, qualificou-se para os quartos de final da Taça de Portugal, que se vão realizar entre 27 e 29 janeiro, altura em que o GD Estoril Praia defrontará o CS Marítimo.

Moreirense FC 1 – 2 CD Santa Clara

Num duelo entre equipas da I Liga, o CD Santa Clara adiantou-se no marcador aos 36 minutos, com um golo de Ukra, mas o Moreirense FC empatou aos 51, por intermédio de Walterson. Já na segunda parte, Shahriar, aos 87′, marcou o golo que garantiu o apuramento.

O CD Santa Clara vai defrontar o SC Braga, da I Liga, nos quartos de final da Taça de Portugal.

CD Nacional 2 – FC Porto 4

Luis Diaz, Evanilson, Sérgio Oliveira e Taremi marcaram para o FC Porto, Riascos e Rochez para o CD Nacional, que falhou um penalti aos 119 minutos.

O CD Nacional – FC Porto foi um jogo frenético, com muitos lances de golo, mas, no final, acabaram por ser os ‘dragões’ a seguir em frente na Taça, após vitória por 4-2. Na próxima ronda, o FC Porto vai defrontar o Gil Vicente FC.

 

Quarta-feira, 13 de janeiro: SC Braga 5 – 0 SC União Torreense

A jogar em casa, o SC Braga, quarto classificado na I Liga, adiantou-se no marcador aos 24 minutos, com um golo do internacional português Rolando, ampliando a vantagem quatro minutos depois, por intermédio do espanhol Abel Ruiz.

Na segunda parte, os ‘arsenalistas’ voltaram a marcar por Ricardo Esgaio (51), Abel Ruiz (61), que ‘bisou’ na partida, e Vítor (90+3), de grande penalidade, com o líder da série F do Campeonato de Portugal a não conseguir responder.

Nos quartos de final da Taça de Portugal, SC Braga defrontará em casa o CD Santa Clara, também do escalão principal.

 

Quinta-feira, 14 de janeiro: AD Fafe 2 – 3 Belenenses SAD

Ferrinho, aos 19 minutos, e Luís Neves, aos 45+5, de uma grande penalidade, colocaram o líder da Série B do terceiro escalão a vencer por 2-0, mas dois penáltis concretizados por Miguel Cardoso, aos 87 e 90+7, levaram o jogo para o prolongamento, no qual o golo de Francisco Teixeira, aos 120′, ditou a qualificação dos ‘azuis’.

Nos quartos de final da Taça de Portugal, o Belenenses SAD, 14.º classificado da I Liga, desloca-se ao estádio do Benfica.

Gil Vicente FC 3 – 2 Académico de Viseu FC

A jogar fora, o Académico de Viseu FC adiantou-se no marcador aos 14 minutos, com um golo de Tiago Mesquita, mas o primodivisionário Gil Vicente FC chegou ao empate aos 28′, por intermédio de Alaa Abbas.

A equipa da II Liga voltou à vantagem aos 75′, através de Paná, mas, apenas quatro minutos depois, Talocha fez de novo o empate. Já no prolongamento, um golo de Samuel Lino, aos 96 minutos, garantiu o apuramento do Gil Vicente FC.

Nos quartos de final da Taça de Portugal, o Gil Vicente FC vai receber o FC Porto, atual campeão nacional e detentor da Taça de Portugal.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta