4.ª Jornada I Liga: Clubes que acabaram de subir da II Liga venceram frente aos “grandes”

Foto: Ana Regina Ramos/Canva

A quarta jornada da temporada 2022/23 ficou marcada pela derrota do Sporting CP e do FC Porto frente a dois clubes que acabaram de subir à principal liga do campeonato português. Os leões perderam 2-0 frente ao CD Chaves e os dragões perderam por 3-1 frente ao Rio Ave FC. Também o “recém-subido” Casa Pia AC defrontou e venceu o Vitória SC por uma bola.

O SL Benfica jogou com o FC Paços de Ferreira, na terça feira, 30 de agosto, o jogo que estava em atraso da terceira jornada. Os encarnados venceram por 3-2.

 

Sexta-feira, 26 de agosto: FC Paços de Ferreira 0 – 3 GD Estoril Praia 

O avançado brasileiro João Carlos marcou os golos da formação comandada por Nelson Veríssimo aos 26 e 43 minutos, enquanto o médio camaronês Léa-Siliki fixou o resultado, aos 72′. 

Após um jogo em que ficou em inferioridade numérica aos 53 minutos, por expulsão de Matchoi, e ficou reduzido a nove aos 89′, com o vermelho por acumulação a Adrián Butzke, o FC Paços de Ferreira continua sem qualquer ponto. 

O FC Paços de Ferreira é 17.º, ainda sem nenhum ponto, enquanto o GD Estoril Praia  está em quinto, com sete. 

 

Sábado, 27 de agosto: Boavista FC 0 – 3 SL Benfica 

O golo de Morato no primeiro tempo e o bis de João Mário na segunda parte deram mais três pontos aos encarnados. Depois de uma primeira parte equilibrada, Morato abriu o marcador para os encarnados. Num pontapé de canto marcado por David Neres, o central brasileiro desviou de cabeça na entrada da pequena área e colocou a bola longe do alcance do guarda-redes César. 

Num cruzamento de Grimaldo, a bola sobrou para Musa e o ex-Boavista FC amorteceu para João Mário, que desta vez não falhou e atirou certeiro à baliza. Perto dos 80 minutos, um corte de Sasso a Musa na área chamou a atenção à equipa de arbitragem e dos adeptos encarnados. João Pinheiro foi visionar as imagens e apontou marca de grande penalidade. João Mário foi chamado e o médio benfiquista completou com sucesso o remate da marca dos 11 metros

O Boavista FC é nono classificado, com seis pontos, enquanto o SL Benfica lidera a tabela, com 12. 

Sporting CP 0 – 2 CD Chaves 

Steven Vitória (60′) e Juninho (63′) apontaram os golos dos visitantes já no segundo tempo, naquela que é a primeira vitória do CD Chaves no terreno do Sporting CP. 

Aos 4 minutos, Nuno Santos lançou um míssil de fora da área que por pouco não deu o primeiro golo do encontro. O guardião flaviense Paulo Vítor acabou por ser chamado à ação aos 9 e 13 minutos com Edwards e Pedro Gonçalves, mas não conseguiram marcar. 

O Sporting CP está em 13.º lugar, com quatro pontos. Já o CD Chaves é sexto, com sete pontos. 

 

Domingo, 28 de agosto: FC Famalicão 1 – 0 CD Santa Clara 

A jogar em casa, o FC Famalicão marcou o único golo da partida aos 20 minutos, por intermédio do francês Zaydou, naquele que foi também o primeiro golo da equipa nas quatro jornadas já disputadas.

O FC Famalicão encontra-se na 14.ª posição, com quatro pontos, enquanto o CD Santa Clara, com um ponto, é 16.º. 

 

FC Arouca 0 – 6 SC Braga  

Os bracarenses começaram praticamente o jogo a vencer, com um golo no primeiro minuto de Banza, aumentando a vantagem ainda na primeira parte, por Ricardo Horta, aos quatro e aos 40, o segundo na conversão de uma grande penalidade, e por Vitinha, aos 44. No segundo tempo, Castro e o mexicano Diego Lainez fixaram o resultado em 6-0, aos 67′ e 76′. 

O SC Braga soma 10 pontos, enquanto o FC Arouca ocupa o nono lugar, com seis pontos. 

O FC Arouca é 10.º, com seis pontos, enquanto o SC Braga está na segunda posição, com dez. 

Rio Ave FC 3 – 1 FC Porto 

Todos os golos do Rio Ave FC, que esta época regressou ao escalão principal do futebol português, foram marcados nos primeiros 45 minutos. O golo portista foi apontado em tempo de compensação por Toni Martínez, que tinha começado o encontro no banco de suplentes. 

Pouco antes da meia hora, Evanilson marcou, mas o lance foi anulado por fora de jogo. 

O Rio Ave FC é 15.º, com quatro pontos somados, e o FC Porto é terceiro, com nove. 

 

Segunda-feira, 29 de agosto: Vitória SC 0 – 1 Casa Pia AC 

Um golo solitário do japonês Kunimoto logo aos 7 minutos foi suficiente para o Casa Pia AC somar uma vitória na visita ao terreno do Vitória SC. 

Antes do intervalo o Vitória SC até achou que tinha chegado ao empate, mas Anderson viu um golo anulado pelo VAR, por fora de jogo, e, na segunda parte, os vimaranenses estiveram por várias vezes perto do empate, mas não conseguiram marcar. 

Com este triunfo, o Casa Pia AC chega aos sete pontos, sobe ao sétimo lugar na tabela e ultrapassa o Vitória SC, que tem seis pontos e cai para oitavo. 

FC Vizela 2 – 2 Gil Vicente FC 

A jogar fora, a turma de Barcelos marcou cedo e chegou a estar a vencer por 2-0, mas os anfitriões reagiram bem e chegaram ao empate ainda na primeira parte. Estavam decorridos apenas cinco minutos de jogo quando o Gil Vicente FC conquistou uma grande penalidade. O 0-2 surgiu aos 26 minutos, assinado por Boselli. 

O FC Vizela não baixou os braços e reduziu a desvantagem em cima do minuto 45, graças a um golo de Kiko Bondoso, num pontapé certeiro na pequena área. E ainda houve tempo para o 2-2 antes do intervalo. No quinto minuto do período de descontos, na sequência de uma bola parada batida do flanco esquerdo, Anderson, de cabeça, atirou a contar, com Andrew, guarda-redes do Gil Vicente FC, a ficar a meio caminho e a permitir o golo do empate. 

O FC Vizela, com cinco pontos, é 12.º, enquanto o Gil Vicente FC, também com cinco, é 11.º. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta