5.ª Jornada I Liga: SC Braga vence dérbi minhoto nos últimos minutos

Foto: Ana Regina Ramos/Canva

O SC Braga venceu o Vitória SC mesmo ao cair do pano. Tormena garantiu o triunfo minhoto na última jogada da partida. Para além do dérbi minhoto, nesta quinta jornada, também merece destaque o jogo do SL Benfica frente ao FC Vizela. Um jogo de ‘loucos’ e ‘impróprio para cardíacos’, caracterizado assim por muitos. O FC Vizela começou por inaugurar o marcador no Estádio da Luz. Só já na segunda parte os encarnados conseguem dar a volta ao resultado, com um penálti que dividiu opiniões.

Sexta-feira, 02 de setembro: SL Benfica 2 – 1 FC Vizela 

Osmajić deu o primeiro golo aos vizelenses e Neres empatou o encontro. Já ao cair do pano, João Mário atirou para a vitória final. Osmajić, chamado ao 11 inicial pela primeira vez esta época, furou a defesa encarnada. O remate só parou no fundo da baliza de Vlachodimos após uma assistência de Kiko Bondoso. Estava feito o 1-0. 

Aos 33 minutos, o guardião vizelense negou o golo a António Silva. João Mário voltou a testar as redes num livre direto, mas custava a chegar o empate. 

Aos 76 minutos, David Neres atira um remate colocado que só parou no fundo das redes do FC Vizela. Aos 91 minutos, Gonçalo Ramos pediu uma grande penalidade e acabou expulso por simulação.  

Aos 99 minutos, mesmo ao cair do pano, Rafa conquista uma grande penalidade, mais uma vez, polémica. João marcou o 2-1. 

O SL Benfica lidera o campeonato, com 15 pontos, enquanto o FC Vizela está em 12.º, com cinco pontos. 

 

Sábado, 03 de setembro: SC Braga 1 – 0 Vitória SC 

Em Braga, o internacional português Ricardo Horta desperdiçou uma grande penalidade para a equipa da casa, aos 58 minutos, mas o defesa central brasileiro, Tormena, garantiu o triunfo do SC Braga na última jogada da partida. 

O SC Braga ocupa a segunda posição da tabela classificativa, com 13 pontos, enquanto o Vitória SC é 11.º, com seis.  

Gil Vicente FC 0 – 2 FC Porto 

O Gil Vicente FC entrou bem, mas era o FC Porto que ia avançando na partida. Toni Martínez viu dois golos seus serem anulados. Aos 41′, Eustáquio ganhou de cabeça e a bola sobrou para Taremi, que, de primeira, rematou para o fundo das redes. Pouco depois, foi o iraniano a lançar o contra-ataque e a isolar Eustáquio pela esquerda, com este a oferecer o 2-0 a Galeno. 

O FC Porto ocupa a terceira posição, com 12 pontos, menos um que o SC Braga (segundo) e menos três que o rival SL Benfica, que lidera a tabela. Já o Gil Vicente FC é 13.º, com cinco pontos. 

 

Domingo, 04 de setembro: Casa Pia AC 0 – 0 FC Arouca 

No Estádio Nacional, casa ‘emprestada’ do Casa Pia AC, a equipa da casa, que vinha de vitórias frente ao Boavista FC (2-0) e ao Vitória SC (1-0), somou o terceiro jogo consecutivo sem perder neste seu regresso ao escalão máximo, agora com um empate a zeros frente ao FC Arouca. 

O FC Arouca, que vinha de uma ‘pesada’ derrota com o SC Braga (6-0), registou o primeiro empate, depois de duas vitórias e duas derrotas. 

Com este resultado, o Casa Pia AC está no sétimo lugar do campeonato, com oito pontos, enquanto o FC Arouca está em nono, com sete. 

Portimonense SC 1 – 0 FC Famalicão 

Um golo de Pedrão deu a vitória ao Portimonense SC. Com o quarto triunfo seguido no campeonato, selado com o tento do defesa brasileiro, aos 64 minutos, o Portimonense SC segurou o quarto lugar, com os mesmos 12 pontos do campeão nacional, terceiro, a três do líder SL Benfica e a um do SC Braga, segundo classificado. 

O FC Famalicão perdeu pela terceira vez na competição, estando na 15.ª posição, com quatro pontos. 

 

Segunda-feira, 05 de setembro: Boavista FC 1 – 0 FC Paços de Ferreira 

No Estádio do Bessa, no Porto, Róbert Bozeník, aos 58 minutos, fez o único golo do encontro, que consumou o regresso aos triunfos dos ‘axadrezados’.  

O Boavista FC subiu ao quinto lugar da I Liga, com nove pontos, enquanto o FC Paços de Ferreira, ocupa o penúltimo lugar da classificação com zero pontos. 

CD Chaves 1 – 1 Rio Ave FC 

Em Chaves, Héctor inaugurou o marcador para a equipa da casa, aos 32 minutos, mas Leonardo Ruiz conseguiu o empate aos 90′.  

O Rio Ave FC é agora 14.º do campeonato, com cinco pontos, enquanto o CD Chaves é sexto, com oito. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta