FC Porto entra com o pé esquerdo e SC Braga entra com o direito nas competições europeias

Foto: Unsplash

O FC Porto saiu de Madrid com uma derrota por 2-1 frente ao Club Atlético de Madrid. Numa primeira parte calma, foi só no segundo tempo que os ânimos aqueceram. No Estádio Eleda, em Malmö, foi o SC Braga que saiu vitorioso.

Na partida do FC Porto para a Liga dos Campeões, aos 46 minutos, destaque para a jogada de Taremi, que conseguiu fugir a Giménez e, já dentro da área, procurou servir Evanilson, que não estava no sítio certo.

Foi nos dez minutos de desconto dados pelo árbitro que surgiram os três golos da partida. Primeiro, foi Hermoso, aos 91′, a fazer o primeiro da partida com um remate prensado nos defesas portistas e que acabou por trair Diogo Costa. Hermoso passou de herói a vilão a ajeitar a mão com a bola dentro da sua área, penálti que Uribe converteu aos 96 minutos.

Já depois de esgotados os nove minutos de desconto, Griezmann cabeceou à vontade após um canto da esquerda e um primeiro desvio de Witsel para dar ao Club Atlético de Madrid a vitória.

Otávio foi obrigado a sair após uma grave lesão, de maca e imobilizado, dando o seu lugar a Bruno Costa. Para além disso, os dragões também ficaram a jogar apenas com dez quando, aos 81 minutos, Taremi viu o segundo amarelo por alegada simulação dentro da área adversária.

Com esta vitória, o Clube Atlético de Madrid partilha a liderança do Grupo B com o Club Brugge, que venceu em casa o Bayer 04 Leverkusen.

Já no jogo do SC Braga para a Liga Europa, Bruno Rodrigues inaugurou o marcador, aos 30 minutos, e Ricardo Horta, de grande penalidade, aos 70′, fechou o resultado.

O SC Braga lidera o Grupo D, com três pontos, os mesmos dos belgas do Royale Union Saint-Gilloise, que derrotaram os alemães do FC Union Berlin, próximos adversários dos bracarenses, por 1-0.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta