Risco máximo de incêndio em 9 concelhos de Portugal

Nove concelhos do centro do continente exibem, esta quinta-feira, risco máximo de incêndio. As temperaturas podem chegar aos 36º Celsius, nomeadamente em Beja, concelho mais quente do país.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), os concelhos de Góis e Pampilhosa da Serra (Coimbra), Pedrogão Grande e Castanheira de Pêra (Leiria), Vila de Rei, Oleiros e Sertã (Castelo Branco), Mação e Sardoal (Santarém) apresentam risco máximo de incêndio.

O IPMA situou também em risco muito elevado de incêndio seis concelhos do distrito de Faro, ficando o restante mapa de Portugal continental pintado a laranja, cor que revela risco elevado de incêndio.

Para além disso, as regiões de Horta, Angra do Heroísmo e Ponta Delgada (Açores) e Funchal (Madeira) apresentam também um risco alto de exposição.

O risco de incêndio, determinado pelo IPMA, reúne cinco níveis, variando entre reduzido e máximo. O cálculo é baseado nos valores observados às 13 horas de cada dia, relativamente à: temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Quanto às previsões para o resto do dia de hoje, quinta-feira, o IPMA prevê, no continente, períodos de maior nebulosidade da parte da tarde, em especial no interior das regiões centro e sul, podendo até ocorrer aguaceiros, acompanhados de trovoada.

Ana Regina Ramos e Hugo Pinto

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

error: Este conteúdo está protegido!!!