6.ª Jornada I Liga: SC Braga está de volta às vitórias

O SC Braga levou a melhor na receção ao Boavista FC, com um triunfo por 4-1, regressando, assim, às vitórias. Os bracarenses ainda não tinham vitórias em casa e vinham de duas derrotas seguidas. Com o quinto lugar em disputa, o Casa Pia AC e o Vitória SC pouco fizeram para ganhar: o jogo acabou empatado.

Sexta-feira, 22 de setembro: FC Famalicão 1 – 0 FC Arouca 

Um golo de Otávio, aos 28 minutos, valeu aos famalicenses o terceiro jogo consecutivo sem perder, além da ascensão ao quinto posto, com 11 pontos. 

Já o FC Arouca, que desperdiçou um penálti e a sua repetição, na sequência de um lance em que Riccieli foi expulso por acumulação de amarelos (57 minutos) e que também ficou reduzido a 10 por expulsão de Mujica (77′), somou a segunda derrota seguida e segue na 12.ª posição da I Liga, com seis pontos. 

 

Sábado, 23 de setembro: GD Estoril Praia 2 – 2 FC Vizela 

Guitane, do GD Estoril Praia inaugurou o marcador aos 53 minutos, Essende empatou aos 62′ e Vital pareceu lançar os estorilistas para a vitória, aos 67′, mas Dylan Saint-Louis, aos 90’+11′, igualou a partida, garantindo que os vizelenses estão no 13.º lugar do campeonato, agora com cinco pontos. 

O GD Estoril Praia permanece no 17.º e penúltimo da I Liga, com apenas quatro pontos. 

Moreirense FC 1 – 0 SC Farense 

O brasileiro Alan marcou, aos 17 minutos, o único golo da partida, que representou o primeiro triunfo caseiro da equipa de Moreira de Cónegos. 

Na classificação, o Moreirense FC passou a somar os mesmos sete pontos do SC Braga, estando na nona posição, enquanto o SC Farense manteve-se com seis, em 11.º lugar. 

Casa Pia AC 0 – 0 Vitória SC 

Com o quinto lugar em disputa, o Casa Pia AC e o Vitória SC pouco fizeram para ganhar. No Jamor, casa emprestada ao Casa Pia AC, assistiu-se a um jogo de luta, mas poucas concretizações.  

O jogo apenas contou com três oportunidades de golo: duas delas foram para o Casa Pia AC, ambas protagonizadas por Clayton que, nas duas vezes, viu Bruno Varela crescer que nem um muro a tapar o caminho da baliza vitoriana. 

A outra, que podia ter dado o golo ao Vitória SC, foi um remate de recurso de Dani Silva, de calcanhar, que, a entrar, iria correr o mundo. Com este resultado, os casapianos estão no oitavo lugar, com nove pontos, enquanto o Vitória SC é sétimo, com 10. 

FC Porto 2 – 1 Gil Vicente FC 

O FC Porto venceu o Gil Vicente FC por 2-1, no Estádio do Dragão, em encontro a contar para a sexta jornada da Primeira Liga. Sérgio Conceição mudou dois jogadores em relação à vitória sobre o FK Shakhtar. Pepe e Zaidu saíram para dar lugar a Fábio Cardoso e Wendell. 

A formação portista colocou-se em vantagem aos oito minutos, por intermédio de Iván Jaime, que rematou para o fundo da baliza gilista, após um passe de calcanhar de Taremi. 

O Gil Vicente FC não se deu por vencido e, aos 37 minutos, Depú restabeleceu o empate ao aproveitar uma desatenção de David Carmo e bateu o guarda-redes Diogo Costa. Mas, aos 90’+1′, Eustáquio deu a vitória aos dragões, num cabeceamento para o fundo das redes de Andrew, após um livre cobrado por Wendell. 

O FC Porto está na segunda posição, com 16 pontos (os mesmos que o Sporting CP, primeiro classificado). Já o Gil Vicente FC é 10.º, com seis pontos.  

 

Domingo, 24 de setembro: GD Chaves 2 – 2 CF Estrela da Amadora 

O GD Chaves somou o primeiro ponto na Primeira Liga portuguesa de futebol, ao conseguir empatar 2-2 em casa com o CF Estrela da Amadora. Na estreia do treinador Moreno no ‘banco’, os flavienses estiveram a perder por 2-0, fruto dos golos de Léo Cordeiro (45+1 minutos) e Léo Jabá (70′), mas conseguiram empatar graças aos tentos de Héctor Hernández (85′) e Pedro Pinho, já aos 90’+4′. 

O GD Chaves passa a ter um ponto, mantendo-se, no entanto, no último lugar, enquanto o CF Estrela da Amadora, que ficou reduzido a 10 por expulsão de Mansur, por acumulação de amarelos, aos 90’+8′, segue na 14.ª posição, com cinco pontos. 

SC Braga 4 – 1 Boavista FC 

O SC Braga levou a melhor na receção ao Boavista FC, com um triunfo por 4-1, regressando, assim, às vitórias. Os bracarenses ainda não tinham vitórias em casa e vinham de duas derrotas seguidas. 

Ricardo Horta colocou a equipa arsenalista em vantagem, logo aos 19 minutos, mas a resposta axadrezada seria quase imediata, uma vez que Tiago Morais (26′) restabeleceu prontamente a igualdade.  

Quatro minutos depois, o médio Seba Pérez acabaria por ser expulso devido a acumulação de amarelos, deixando o Boavista FC em inferioridade numérica. 

O SC Braga acabaria por apontar mais três golos até ao final da partida, por intermédio de Banza (37′), Al Musrati (54′) e ainda o “bis” de Ricardo Horta (58′), retomando, assim, o trilho dos triunfos na competição.   

Líder do campeonato à entrada da sexta jornada, o Boavista FC mantém-se com 13 pontos, a três do líder FC Porto e a dois do SL Benfica e desce para a quarta posição. O SC Braga sobe ao sexto lugar, com 10. 

 

Segunda-feira, 25 de setembro: Sporting CP 2 – 0 Rio Ave FC 

Dois golos na primeira parte, assinados por Paulinho e Marcus Edwards, chegaram para a quinta vitória dos verdes e brancos em seis jornadas na Primeira Liga 23/24. 

O Sporting CP voltou ao primeiro lugar (agora partilhado apenas com o FC Porto), enquanto o Rio Ave FC continua sem vencer desde a primeira jornada e é 15.º. 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

error: Este conteúdo está protegido!!!