FITEI: O “Inferno” da “Divina Comédia”

A primeira parte da Divina Comédia esteve em cena de 15 a 18 de junho, no Teatro Carlos Alberto (TeCA). A peça, inserida no Festival Internacional de Teatro e Expressão Ibérica (FITEI), é uma co-produção do Teatro Nacional São João, Teatro Nacional Dona Maria II e Câmara Municipal de Coimbra.

A Divina Comédia é um poema épico composto por três partes: Inferno, Purgatório e Paraíso. A companhia “Teatro O Bando” começou por retratar a primeira parte desta trilogia com dramaturgia e encenação de João Brites.

“Inferno” retrata todo um percurso que se desenrola da multidão para o palco. Esta viagem engloba um espaço cénico composto por uma “gigantesca e labiríntica floresta de ferro”. A peça é constituída por momentos imprevisíveis e de aflição, através do canto lírico e figuras em movimento.

Esta primeira parte da obra de Dante tem o propósito de convocar o público à imaginação e à reflexão sobre a humanidade dos dias de hoje.

A viagem do “Teatro O Bando” pela obra de Dante vai estender-se por seis anos, com Purgatório, em 2019 e Paraíso em 2021. A Divina Comédia pretende convocar todas as esferas imagináveis do real: passado e presente, grandeza e abjeção, história e fábula, tráfico e cómico, humano e paisagem.

Em entrevista ao Jornal Referência, João Brites, explica que “é um texto emblemático do século XIV, parece escrito em código.”, já que se vai “percebendo que ele diz coisas que se calhar o levariam à morte se fossem bem percebidas”.

Apesar de ser uma obra escrita no século XIV, o encenador refere que a peça aborda temas bastante atuais, relacionados “com o poder, com a religião, com os refugiados, com os exilados”, tratados de forma a que levem “um bocadinho a pensar sobre isso”, apontou o encenador.

“Há três fúrias, há três diabos e o número três é muito importante em toda esta dramaturgia”, acrescentou.

Desta peça, fazem parte do elenco: Ana Brandão, Bruno Bernardo, Bonifácio, Carolina Dominguez, Catarina Claro, Cirila Bossuet, Guilherme Noronha, João Grosso, João Neca, José Neves, Juliana Pinho, Lara Matos, Lúcia Maria, Manuel Coelho, Paula Mora, Raul Atalaia, Rita Brito, Rita Gonçalves, Sara Belo, Sara de Castro e Tomás Varela.

O FITEI celebra este ano a 40ª edição e, pela primeira vez, terá uma extensão em Viana do Castelo, através de uma parceria com o Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana e o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo.

A programação começou no dia 1 de junho e terminou no passado fim de semana, a 17 de junho, com o tema “Comunidade e Memória”.

Áudio: Ana Regina Ramos e Denise Pessoa

Joana Magalhães, Ana Regina Ramos e Denise Pessoa

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

error: Este conteúdo está protegido!!!