21.ª Jornada da I Liga: SC Braga ultrapassa FC Porto e chega ao segundo lugar

Imagem: Ana Regina Ramos/Canva

Esta jornada ficou marcada pelo regresso do Vitória SC aos triunfos e pelo empate no Dragão entre o FC Porto e o Sporting CP. Com este resultado, o SC Braga ultrapassou os azuis e brancos e passou para o segundo lugar na tabela classificativa.

Sexta-feira, 26 de fevereiro: Vitória SC 2 – 1 Boavista FC

Em Guimarães, foi o Boavista FC que se adiantou no marcador, com um golo de Ricardo Mangas, aos 17 minutos, mas o Vitória SC deu a volta ao resultado com golos de Rochinha, aos 39 minutos, e André André, aos 63, de grande penalidade.

Com este triunfo, a equipa da casa interrompeu uma série de cinco jogos sem vencer na I Liga (três empates e duas derrotas) e está no sexto lugar, com 35 pontos, enquanto o Boavista FC continua no 17.º e penúltimo lugar, com 18.

 

Sábado, 27 de fevereiro: FC Famalicão 0 – 0 SC Farense

O FC Famalicão e o SC Farense, duas equipas em situação aflita na tabela classificativa, empataram a zeros no marcador.

A igualdade mantém as duas equipas na zona perigosa da tabela, com os famalicenses, que atuaram cerca de 40 minutos com mais uma unidade, devido à expulsão, por acumulação de amarelos, de André Pinto, aos 50′, a ocuparem o 16.º e antepenúltimo posto, com 19 pontos.

Os algarvios, que somaram o quarto jogo sem perder e terceira igualdade consecutiva, estão um posto acima da equipa de Famalicão, com os mesmos 19 pontos.

CD Santa Clara 3 – 0 FC Paços de Ferreira

Num dia que marcou a estreia de público nas bancadas em 2021, depois da ausência provocada pela pandemia da Covid-19, os açorianos não facilitaram e venceram com golos de Allano (10 minutos), Cryzan (45′), na recarga a uma grande penalidade por ele apontada, e Carlos Júnior (56′).

Com esta vitória, o CD Santa Clara sobe ao sétimo lugar, com 28 pontos, enquanto o FC Paços de Ferreira é quinto, com 38.

FC Porto 0 – 0 Sporting CP

Os ‘leões’, que continuam sem perder na presente edição da Liga, mantêm a liderança da prova, agora com 55 pontos.

Na primeira parte, o Sporting CP não fez qualquer remate enquadrado com a baliza. Do outro lado, o guarda-redes do Sporting CP, defendeu os dois remates enquadrados de Manafá e Otávio. No segundo tempo, a equipa comandada por Sérgio Conceição continuou por cima no jogo, mas o Sporting CP ia resistindo.

Taremi falhou ao minuto 57, com a baliza aberta, o iraniano recebeu o passe de Corona, mas o remate saiu enrolado e para fora.

Leões e dragões saem desta partida a dividir um ponto, uma conta que serve mais aos de Rúben Amorim, que continuam na liderança e com dez pontos de avanço sobre o FC Porto. Já os dragões passaram para terceiro lugar.

 

Domingo, 28 de fevereiro: CD Tondela 1 – 0 Gil Vicente FC

Logo aos 5 minutos de jogo, o CD Tondela marcou o primeiro golo através de penálti, enquanto os gilistas atuaram com menos um, mais de 85 minutos.

Com esta vitória, o CD Tondela sobe ao nono lugar, com 24 pontos, enquanto os gilistas mantêm-se na zona perigosa da tabela, ocupando o 15.º lugar, com 19 pontos.

CD Nacional 1 – 2 SC Braga

O SC Braga chegou ao 2-0 no espaço de apenas quatro minutos, com golos de Fransérgio (25) e de Abel Ruiz (29), tendo o CD Nacional apenas conseguido reduzir com um tento de Brayan Riascos, aos 69′.

O SC Braga ascendeu ao segundo lugar da Liga portuguesa de futebol, ao vencer na Madeira o CD Nacional.

Com esta vitória, o SC Braga sobe ao segundo lugar, com 46 pontos, a nove do comandante Sporting CP e com mais um do que o FC Porto, terceiro, enquanto os madeirenses ocupam o 12.º lugar, com 21 pontos.

 

Segunda-feira, 01 de março: SL Benfica 2 – 0 Rio Ave FC

Os encarnados entraram no jogo com o pé direito e, nos primeiros dez minutos, somaram duas boas oportunidades de jogo. Primeiro, aos oito minutos, quando Diogo Gonçalves bateu um canto tenso que levou a bola ao segundo poste onde Seferovic tentou o cabeceamento. Valeu o guardião dos vilacondenses.

O Benfica foi adormecendo e viu o Rio Ave crescer no jogo. Aos 16 minutos, Rafael Camacho tentou o remate de fora da área e a bola ainda bateu na frente de Helton Leite, mas este encaixou e evitou o golo.

O relógio marcava os 59 minutos quando Everton ganhou uma bola já na entrada da área depois de passe de Waldschmidt e tocou para Seferović, que, de pé esquerdo, atirou para o fundo das redes. No entanto, o golo de Seferović não tirou o fôlego ao Rio Ave FC, que voltou a acordar para tentar o empate, primeiro por Anderson Cruz e depois por Carlos Mané.

Apenas sete minutos, Pizzi redimiu-se. Depois de um passe de Weigl para Everton, este combinou com Pizzi que atirou em zona frontal e fez o 2-0 dos encarnados. O SL Benfica soma agora 42 pontos e está a 13 pontos do líder Sporting CP. Já o Rio Ave FC mantém o 10.º lugar, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Belenenses SAD.

Moreirense FC 2 – 2 Belenenses SAD

O conjunto da casa foi o primeiro a marcar, à passagem do minuto 11, mas a vantagem do Moreirense FC só durou seis minutos. No seguimento de um pontapé de canto, Gonçalo Silva fez o 1-1 para os ‘azuis’.

Rafael Martins bisou e recolocou os anfitriões na frente, mas, aos 72 minutos, Cassierra voltou a igualar a partida, fixando o resultado final num empate a dois. Cassierra ainda voltou a colocar a bola no fundo das redes, a três minutos do fim, mas estava em posição irregular.

O resultado deixa o Moreirense FC no oitavo lugar, com 26 pontos, enquanto o Belenenses SAD sobe à 10.ª posição, com 22.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta