32.ª Jornada da I Liga: Pacenses garantem lugar na prova europeia

Imagem: Ana Regina Ramos/Canva

SC Braga empatou com o Gil Vicente FC em Barcelos e perdeu o acesso ao segundo lugar na tabela classificativa. O FC Paços de Ferreira garantiu lugar nas competições europeias e o FC Famalicão, ao vencer o Vitória SC, garantiu a manutenção.

Domingo, 09 de maio: FC Paços de Ferreira 1 – 1 CS Marítimo

FC Paços de Ferreira e CS Marítimo empataram a um golo no Estádio Capital do Móvel, na partida que abriu a 32.ª jornada da I Liga. Os anfitriões entraram melhor no encontro e cedo ganharam vantagem no marcador através do veterano Luiz Carlos, aos 12 minutos. Canto cobrado por Bruno Costa, Hélder desviou ao primeiro poste e Luiz Carlos, ao segundo e também de cabeça, marcou o primeiro do jogo.

O CS Marítimo, porém, reagiu bem e chegou à igualdade ainda na primeira parte. Cruzamento de Winck para Tagueu, que cabeceou à vontade na área, fazendo a bola bater nos dois postes antes de entrar para o fundo da baliza de Jordi.

O resultado impede os castores de selarem, matematicamente, o quinto lugar, embora tenham já garantido um lugar nas provas europeias (na nova Conference League) na próxima temporada. Os pacenses encontram-se com 50 pontos. Quanto ao CS Marítimo, a igualdade também não permite assegurar, ainda, a permanência no escalão principal, chegando aos 34 pontos, em 14.º lugar.

Gil Vicente FC 1 – 1 SC Braga

Em Barcelos, o SC Braga adiantou-se no marcador logo aos nove minutos, com um golo de Ricardo Horta. Mas o Gil Vicente FC conseguiu chegar ao empate ainda na primeira parte, aos 29 minutos, por intermédio de Claude Gonçalves.

Com este empate, o SC Braga, que não vence há quatro jogos, está a sete pontos do SL Benfica, que é terceiro. Já o Gil Vicente FC está em 12.º, com 36 pontos, e apesar de estar em boa posição, ainda não tem a manutenção no escalão máximo assegurada.

 

Segunda-feira, 10 de maio: Portimonense SC 1 – 2 Moreirense FC

Em Portimão, foi a equipa da casa a primeira a marcar. Aos 20 minutos, Fabrício dos Santos Messias abriu o marcador.

O Moreirense FC reduziu a desvantagem aos 44 minutos, por Nahuel Ferraresi, e, aos 82′, garantiu a vitória.

Com este resultado, o Portimonense SC está em 13.º lugar, com 34 pontos, enquanto o Moreirense FC está em nono lugar, com 40 pontos.

FC Porto 5 – 1 SC Farense

Aos 20 minutos, os dragões já venciam o SC Farense por três golos e, aos 30′, jogavam contra dez, pelo que a maior parte do jogo acabou por ser de gestão para a equipa portista. Logo aos três minutos, o FC Porto reclamou penálti por bola no braço de Licá, Fábio Martins foi ver as imagens e confirmou o pontapé da marca dos 11 metros. Na conversão, Taremi rematou com força e sem hipótese para Beto, assinando o seu 14.º golo na I Liga.

Os dragões não baixaram o ritmo e, aos 14′, Taremi isolou Toni Martínez com um passe entre linhas e o espanhol rematou de primeira, por entre as pernas de Beto, para o 2-0. Pouco depois, os ‘azuis e brancos’ aproveitaram mais uma desconcentração defensiva do SC Farense para chegar ao terceiro golo, com Luis Díaz a receber um passe em desmarcação de Taremi e a rematar em arco para o fundo da baliza.

Depois do intervalo, o FC Porto voltou a entrar por cima, assim como Taremi, que chegou ao ‘bis’ com um remate forte de pé direito, no interior da grande área, depois de assistido por um excelente passe de Otávio (59′). João Mário aumentou para 5-0 após um longo passe de Marchesín (84′) e Licá reduziu a um minuto dos 90′, aproveitando uma falha entre Diogo Leite e o guarda-redes argentino, que permitiu ao ex-dragão fazer o golo de honra.

O FC Porto permanece na segunda posição, com 74 pontos, enquanto o SC Farense está em 17.º lugar, com 28 pontos, na zona de despromoção.

 

Terça-feira, 11 de maio: CD Santa Clara 1 – 0 Rio Ave FC

Carlos Júnior, aos 52 minutos, marcou o único golo dos açorianos, que colocaram um ponto final numa série de cinco jogos sem vencer do CD Santa Clara, que passa a somar 40 pontos, os mesmos do Belenenses SAD e do Moreirense FC e a dois do Vitória SC, sexto classificado e último em zona de qualificação para a Liga Conferência Europa.

O Rio Ave FC somou o 10.º jogo consecutivo sem vencer e ocupa o 15.º lugar, com 31. Já o CD Santa Clara está em oitavo, com 40 pontos.

Sporting CP 1 – 0 Boavista FC

No início do jogo, o Sporting CP vai falhando uma, outra e mais outra oportunidade. Nuno Santos, de pé esquerdo, rematou ao poste logo aos quatro minutos. Pouco depois, Paulinho cabeceou centímetros ao lado. Mas o golo acabou mesmo por surgir. Paulinho deu o melhor seguimento a um passe rasteiro de Nuno Santos e abriu o ativo, colocando o Sporting CP na rota do título.

A segunda parte começou com mais desperdício. Não houve mais golos, os minutos foram passando e chegou, enfim, o apito final. Era hora de festejar e erguer o troféu.

O Sporting CP, com esta vitória, tornou-se o campeão desta temporada 2020/2021, ficando, agora, com 82 pontos, enquanto o Boavista FC está em 16.º com 30, primeiro lugar de despromoção.

 

Quarta-feira, 12 de maio: Vitória SC 1 – 2 FC Famalicão

O FC Famalicão garantiu a manutenção na I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa do Vitória SC. Bruno Duarte, aos 6 minutos, deu vantagem aos vimaranenses, mas Kraev (21′) e Heriberto (85′) garantiram o segundo triunfo consecutivo aos famalicenses, que subiram ao 10.º lugar, com 37 pontos, ficando matematicamente afastados do cenário de descida de divisão.

O Vitória SC mantém-se no sexto lugar, último de qualificação para as competições europeias, com 42 pontos. Já o FC Famalicão está na décima posição, com 37.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta