Lamego avança no plano de desconfinamento

Foto: Kelly Sikkema/Unsplash

O Governo atualizou, esta quinta-feira, a lista de concelhos que avançam ou recuam no plano de desconfinamento.

Lamego é o único concelho que irá avançar no plano de desconfinamento, vigorando, desta forma, as medidas aprovadas no dia 1 de maio para a generalidade do país: restaurantes, cafés, pastelarias e similares poderão passar a funcionar em esplanada (até 10 pessoas por mesa) e em regime de mesa no interior (até seis pessoas por mesa) até às 22h30 durante a semana e ao fim de semana; salas de espetáculos poderão manter-se abertas até às 22h30 à semana e ao fim de semana; as lojas e centros comerciais passarão a poder manter-se abertos até às 21h00 à semana e 19h00 aos fins de semana e feriados. Regressam ainda todas as modalidades desportivas, a atividade física ao ar livre e os ginásios podem funcionar com aulas de grupo (observando as regras de segurança e higiene), bem como serão permitidos os eventos interiores com limitação de lotação; os casamentos ou batizados terão a lotação máxima de 50% dos recintos; reabertura das atividades itinerantes de diversão, dos parques infantis e dos parques aquáticos; também o horário das atividades desportivas passa a ser até às 22h30.

Da região norte, Montalegre mantém-se na mesma fase, por isso, a de 19 de abril: abertura de todas as lojas e centros comerciais; restaurantes, cafés e pastelarias (com o máximo de quatro pessoas por mesa no interior ou seis por mesa em esplanadas), até às 22h30 nos dias de semana ou 13 horas nos fins de semana e feriados; reabertura de cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos; reabertura das lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação; permitida a prática de modalidades desportivas de médio risco, de atividade física ao ar livre até seis pessoas, da realização de eventos exteriores com diminuição de lotação (cinco pessoas por 100 metros quadrados) e casamentos e batizados com 25% de lotação.

Quanto aos restantes concelhos do país, Arganil (5 de abril) e Golegã (19 de abril) recuam uma fase no plano de desconfinamento e Odemira permanece na mesma fase (19 de abril).

Os concelhos de Lisboa, Chamusca, Salvaterra de Magos e Vale de Cambra entraram em situação de alerta no âmbito do acompanhamento que o Governo tem vindo a fazer ao nível da incidência e do risco de transmissão de Covid-19, juntando-se, assim, a Tavira, Vila do Bispo e Vila Nova de Paiva.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta