EM TELA: “CandyMan” – Reflexão e poder

Imagem: Joana Aleixo/Universal Pictures

Está, neste momento, em cartaz nos cinemas a continuação do clássico filme de terror “Candyman”, que estreou em 1992. Com uma equipa e realização diferentes, esta continuação e nova abordagem do filme de 1992 tem dividido os críticos de cinema nas suas apreciações.

“Candyman” é considerado um filme de terror, mas de terror tem pouco. Suspense, mistério e alguma aventura tem, sem sombra dúvida. No entanto, o mais importante a reter neste filme é a mensagem social que nos passa. É cada vez mais recorrente que o cinema transmita uma mensagem e que sensibilize o seu público para causas sociais. O papel que o cinema tem nos dias de hoje é fundamental para a promoção da reflexão e sentido crítico, principalmente, de uma camada mais jovem.

Abordando uma questão racial e de justiça, o filme “Candyman”, mais do que um filme de terror e do que uma simples continuação de um clássico de 1992, é um conteúdo de crítica à sociedade, fazendo com que esta reflita sobre as suas ações e sobre o mundo.

Vejam o trailer aqui:

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta