29.ª Jornada I Liga: Gil Vicente FC perde com o último classificado

Foto: Ana Regina Ramos/Canva

O Moreirense subiu ao penúltimo lugar graças à vitória por 2-1 frente ao Gil Vicente, quinto classificado. O jogo do FC Porto ficou marcado por vários destaques: Taremi falhou um penalti, a expulsão do vitoriano Oscar Estupiñán e a ‘invasão de campo’ por um espetador que tentou agredir um jogador do Vitória SC.

Sexta-feira, 08 de abril: Gil Vicente 1 – 2 Moreirense 

Dois golos de Jefferson a meio da segunda parte valeram ao Moreirense uma surpreendente e importante vitória por 2-1 em Barcelos. Um triunfo ainda mais assinalável, visto que a turma de Moreira de Cónegos se viu reduzida a dez jogadores no arranque da segunda parte, com o resultado ainda em branco. Aos 47 minutos, Fábio Pacheco foi expulso depois de derrubar Fran Navarro em falta quando este seguia sozinho para a baliza de Pasinato, Nuno Almeida exibiu o vermelho direto. 

O Gil Vicente reagiu, conseguiu reduzir a desvantagem no minuto 89, por Samuel Lino, e no último dos dez minutos de desconto do segundo tempo chegou a pensar que iria dispor de uma grande penalidade. Nuno Almeida assinalou penálti, por mão de Artur Jorge, defesa do Moreirense, na sua grande área, mas depois de análise VAR o lance foi invalidado por fora de jogo do jogador que efetuou o cruzamento. 

Com este triunfo, o Moreirense sobe ao 17.º e penúltimo lugar, com 23 pontos, enquanto o Gil Vicente é quinto, com 46. 

 

Sábado, 09 de abril: Paços de Ferreira 2 – 0 Marítimo 

Em embate entre duas equipas em igualdade pontual, o Paços de Ferreira recebeu e venceu o Marítimo por 2-0 no Estádio Capital do Móvel, deixando para trás o conjunto madeirense. 

A jogar em casa, a equipa de César Peixoto entrou bem no jogo e ganhou vantagem logo aos nove minutos. Perda de bola dos insulares, Luiz Carlos recuperou o esférico e cruzou para o cabeceamento certeiro de Butzke, que assim inaugurou o marcador. 

Os dois guarda-redes brilharam, depois, nas respetivas balizas nos minutos seguintes, antes de o Paços de Ferreira chegar ao 2-0 ainda antes da meia hora de jogo. Recuperação de bola Delgado na direita, o esférico sobrou para Butzke, que depois de assinar o primeiro golo assistiu desta feita Nuno Santos para o segundo. 

Os pacenses ascenderam ao sétimo posto, com 36 pontos. Já o Marítimo é décimo classificado, com 33. 

 

Boavista 1 – 0 Arouca 

Kenji Gorré assinou o único golo da partida. Estavam decorridos apenas 12 minutos de jogo quando depois de uma recuperação de bola em zona alta, Musa com um toque precioso desmarcou Gorré na profundidade e o extremo, no um para um com um adversário, levou a melhor antes de rematar cruzado para o primeiro da partida. 

A turma da casa continuou a ser a mais perigosa, ameaçando por duas vezes o 2-0, e só no final da primeira parte o Arouca deu um ar da sua graça. 

O triunfo deixa o Boavista no 11.º lugar do campeonato, com 33 pontos, enquanto o Arouca está em 15.º, com 26. 

 

Domingo, 10 de abril: Portimonense 1 – 0 Famalicão 

O Portimonense recebeu e venceu o Famalicão por 1-0 em partida da 29.ª jornada da I Liga. O conjunto algarvio ainda não tinha vencido qualquer jogo desde o virar do ano e não ganhava há 16 jogos. 

Desesperado por voltar aos triunfos, o conjunto de Portimão dominou a primeira parte, mas só aos 27 minutos conseguiu criar a primeira jogada de perigo, num remate de Carlinhos. O lance despertou o Famalicão, que ameaçou por três vezes o golo logo a seguir, chegando mesmo a enviar uma bola à trave, mas quem marcou foi mesmo a equipa da casa. Aos 45 minutos, centro de Angulo, Nakajima desviou e Welinton Jr. apareceu a finalizar. A bola foi ao poste, mas à segunda o brasileiro encostou de cabeça e marcou mesmo. 

Com esta vitória, o Portimonense chega aos 32 pontos, no 12.º lugar, enquanto os famalicenses estão no 14.º lugar, com 28. 

 

Vitória SC 0 – 1 FC Porto 

O FC Porto somou o 57.º jogo consecutivo sem perder na I Liga portuguesa de futebol e bateu o recorde. Os ‘dragões’ venceram na visita ao Vitória de Guimarães por 1-0, com um golo de Taremi, de penálti.  

O jogo teve ainda uma outra grande penalidade, falhada por Taremi, aos 63 minutos, a expulsão do vitoriano Oscar Estupiñán, aos 80 minutos, por duplo amarelo, e uma ‘invasão de campo’ por um espetador, que tentou agredir o extremo vitoriano Geny Catamo. 

O FC Porto mantém-se, assim, no primeiro lugar, com 79 pontos, enquanto que o Vitória SC é sexto, com 39.  

 

Vizela 0 – 1 SC Braga 

O SC Braga entrou melhor no encontro, criou vários lances de perigo e chegou ao golo aos 39 minutos, por Iuri Medeiros, após passe fantástico de Ricardo Horta.  

Mesmo em vantagem, os ‘arsenalistas’ continuaram a pressionar mas, curiosamente, foi até num lance de perigo ofensivo que se viram reduzidos a dez elementos. Vitinha, na tentativa de efetuar um remate de pontapé de bicicleta, acertou em cheio na cara de um adversário e viu o cartão vermelho direto. 

Com este triunfo, o SC Braga segue em quarto lugar, agora com 55 pontos, enquanto o Vizela, é 13.º, com 29. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta