32.ª Jornada I Liga: Moreirense FC volta a cair para 17.º lugar

Foto: Ana Regina Ramos/Canva

O Moreirense FC, ao perder com o Boavista FC por 2-1, voltou a cair para o 17.º lugar, penúltimo lugar na tabela classificativa, e lugar de descida à II Liga. O FC Porto, apesar de ter vencido por 4-2 o FC Vizela, ainda não foi campeão. Precisa apenas de um ponto na Luz.

Sexta-feira, 29 de abril: FC Famalicão 3 – 1 GD Estoril Praia

Os famalicenses chegaram ao intervalo a ganhar 1-0, depois de um golo de Adrian Marin (45+2), ampliando por Heriberto Tavares (66), enquanto Kadile (90+4) sossegou os adeptos da casa. 

O GD Estoril Praia, que jogou desde os 16 minutos em inferioridade numérica devido à expulsão de Ferraresi, ainda conseguiu reduzir o marcador através de Rui Fonte (68). 

Com esta vitória, o FC Famalicão está em 13.º lugar, com 33 pontos, enquanto o GD Estoril Praia, é 11.º lugar, com 33 pontos. 

 

Sábado, 30 de abril: FC Porto 4 – 2 FC Vizela 

Evanilon, Taremi (2) e Mbemba fizeram os golos portistas, enquanto Méndez e Nuno Moreira marcaram os vizelenses numa partida que chegou a estar empatada (2-2). 

O FC Porto continua na liderança do campeonato, com 85 pontos, mais seis do que o Sporting CP. Já o FC Vizela ainda não tem completamente garantida a manutenção e está em 14.º lugar, com 32.  

Com este triunfo, o FC Porto fica a apenas um ponto de se sagrar campeão, isto dependendo apenas de si. Na próxima jornada, os dragões visitam o Estádio da Luz. 

Belenenses SAD 0 – 1 SC Braga 

Os minhotos foram sempre a equipa mais perigosa, mas só em cima do minuto 90 chegaram ao golo da vitória, por Ricardo Horta, que complica e muito as contas ao adversário na luta pela manutenção. 

O SC Braga criou inúmeras ocasiões de golo nos primeiros 45 minutos, mas sem conseguir concretizar nenhuma e o cenário parecia destinado a manter-se até ao apito final. Só que, numa altura em que o Belenenses SAD estava já reduzido a 10 jogadores, por expulsão de Sandro, que viu o cartão vermelho apenas seis minutos após saltar do banco, a turma de Carlos Carvalhal chegou mesmo ao golo. 

Este resultado permite ao SC Braga, que já tinha o quarto lugar garantido antes desta ronda, chegar aos 62 pontos na tabela, enquanto o Belenenses SAD segue no último lugar, com 25. 

 

Domingo, 01 de maio: Vitória SC 1 – 1 CD Santa Clara 

Com o sexto lugar praticamente garantido, a equipa de Guimarães, que se adiantou por Óscar Estupiñán, aos 32 minutos, podia colocar ainda alguma pressão no quinto lugar ocupado pelo Gil Vicente FC, mas o empate deixa o Vitória SC a quatro pontos dos gilistas. 

O CD Santa Clara, com a situação definida no campeonato, igualou o marcador aos 55, por Allano, na conversão de uma grande penalidade. 

Com este empate, o Vitória SC mantém a sexta posição, com 44 pontos, enquanto o CD Santa Clara ocupa o nono lugar, com 37. 

Moreirense FC 1 – 2  Boavista FC 

Os boavisteiros, com a situação praticamente definida na classificação, adiantaram-se aos 20 minutos, por Kenji Gorré, tendo a partida animado nos derradeiros minutos, com o Moreirense FC a igualar aos 88 minutos, por Rafael Martins, mas a festa anfitriã durou apenas um minuto, pois Petar Musa voltou a adiantar o Boavista FC, aos 89. 

Com esta vitória, o Boavista FC sobe ao décimo posto, com 36 pontos, enquanto o Moreirense FC desceu ao 17.º lugar, com 26 pontos. 

Sporting CP 4 – 1  Gil Vicente FC 

A primeira oportunidade do Sporting CP apareceu ao minuto 14, com a bola a passar por cima da barra da baliza de Andrew num livre bem transformado por Sarabia. Ao minuto 20, Nuno Santos foi derrubado por Aburjania e foi assinalada grande penalidade. Na conversão, Sarabia bateu com o pé esquerdo para o fundo da baliza e estava feito o primeiro da partida. 

O Gil Vicente FC tinha muitas dificuldades para parar o jogo exterior dos verdes e brancos. Ao minuto 37, o Sporting CP chegou novamente ao golo. Cabeceamento de Neto, Andrew defendeu para a frente e Marcus Edwards disparou para o fundo da baliza. Em cima do intervalo, os gilistas reduziram por Fran Navarro, depois de um grande passe de Pedrinho. 

Na segunda parte, o leão entrou forte, com o objetivo de repor as diferenças no marcador, e acabou por chegar ao golo ao minuto 53. Jogada de Nuno Santos, que passou por um adversário, cruzou para a área e Lucas Cunha desviou para a própria baliza. Ao minuto 61, Fran Navarro fez falta sobre Pote e foi assinalada grande penalidade. Pedro Gonçalves pediu para marcar o castigo máximo e não falhou. 

O Sporting CP mantém o segundo lugar, agora com 79 pontos, enquanto o Gil Vicente FC é quinto classificado, com 48.  

 

Segunda-feira, 02 de maio: FC Paços de Ferreira 1 – 1 CD Tondela 

Os beirões marcaram aos 32 minutos, por Salvador Agra. Rafael Barbosa tabelou com Agra, o médio meteu na área onde Tiago Almeida deu de cabeça para Salvador Agra encostar no poste contrário e fazer o 1-0. Um golo aos 91 minutos evitou a derrota do FC Paços de Ferreira diante do CD Tondela.  

À beira do intervalo, o arbitro Fábio Veríssimo anulou um golo ao CD Tondela, após alerta do VAR. Rafael Barbosa meteu em Boselli, que marcou mas o avançado estava adiantado no momento do passe. Aos 52, Denilson Júnior falhou o empate. 

O CD Tondela subiu ao 16.º lugar, de acesso ao ‘play-off’ de manutenção, com 27 pontos, um acima da zona de despromoção, enquanto o FC Paços de Ferreira está no sétimo posto, com 38. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta