11.ª Jornada da I Liga: SC Braga sofre goleada pesada

Foto: Ana Regina Ramos/Canva

O SC Braga levou uma goleada de 6-1 do SL Benfica, no último jogo da 11.ª Jornada da I Liga. Também o FC Famalicão goleou por 5-2 o Boavista FC, no Estádio do Bessa. Já o FC Porto vingou o CD Santa Clara por 3-0, depois de ter perdido para a Taça da Liga.

Sexta-feira, 05 de novembro: Gil Vicente FC 1 – 1 FC Arouca 

No Estádio Cidade de Barcelos, o FC Arouca foi o primeiro a marcar por Arsénio, aos 16 minutos. André Silva cruzou para Pedro Moreira, que dominou no peito e tocou de calcanhar para Arsénio; este encheu o pé, a bola ainda bateu na barra antes de entrar. 

O empate do Gil Vicente FC chegou no segundo minuto do segundo tempo, pelo goleador espanhol Fran Navarro. Zé Carlos passou por Abdoulaye, colocou atrasado para o remate de Fran Navarro, a bola entrou junto ao segundo poste, sem hipótese para Victor Braga. O FC Arouca jogou os últimos sete minutos do tempo regulamentar com menos um, graças a expulsão de André Silva, por acumulação de amarelos. 

Com este empate, o Gil Vicente FC está no oitavo lugar da I Liga, com 13 pontos, enquanto o FC Arouca é 12.º, com 10. 

Boavista FC 2 – 5 FC Famalicão 

Logo aos três minutos, o FC Famalicão marcou, por Pedro Brasão. Tiago Morais fez um mau atraso, Heri recuperou e deixou em Banza, que rematou para defesa incompleta Alireza. A bola foi ter com Pedro Brazão, que encostou para golo. 

Os famalicenses dobraram a contagem aos 16 minutos por Banza. Novo erro defensivo do Boavista FC, com Makouta a perder a bola para Heri, este tocou para Pedro Brazão, que deixou para Banza finalizar na cara de Alireza. 

O Boavista FC tentou entrar na discussão do resultado e marcou aos 44 minutos, por Musa. O golo nasceu de uma tabelinha entre Nathan e Tiago Morais, a bola sofreu um ressalto e sobrou para Musa, que atirou de pé esquerdo para o fundo das redes. O golo que podia relançar os axadrezados teve pouco sabor já que o FC Famalicão fez o 3-1, antes do intervalo. Livre de Pêpê, Penetra no segundo poste a aparecer solto e a fazer de cabeça o 3-1, aos 46′. 

Logo no segundo minuto do segundo tempo, o FC Famalicão voltou a marcar, novamente por Banza. Livre de Pêpê, Alex Nascimento ao segundo poste amorteceu de cabeça e serviu Banza no primeiro poste, o francês só teve de encostar para o 4-1. Se já estava difícil para o Boavista FC, pior ficou aos 57 minutos, com a expulsão de Reggie Cannon. O norte-americano viu vermelho direto do árbitro Manuel Mota por ter travado Ivan Jaime, que seguia isolado para a baliza. 

Com mais um, o FC Famalicão fez o 5-1 aos 72 minutos, por Pêpê. Recuperação de Marín a meio campo, a combinar com Banza, que abriu para Ivo Rodrigues; este tirou um adversário da frente, cruzou para o segundo poste, onde apareceu Pêpê à vontade a encostar. Aos 77′, o Boavista FC conseguiu reduzir por Yusupha. O avançado foi isolado por Hamache e, na cara de Luiz Júnior, fez o segundo da sua equipa. 

Com esta vitória, o FC Famalicão está no 14.º lugar do campeonato, com 10 pontos, e o Boavista FC soma 11 pontos, no décimo lugar. 

 

Sábado, 06 de novembro: FC Vizela 1 – 1 GD Estoril Praia 

O conjunto da casa, orientado por Álvaro Pacheco, abriu o ativo à passagem dos 53 minutos, por intermédio de Samu. Um erro de Dani Figueira, guarda-redes dos forasteiros, permitiu a Samu recuperar a bola e colocá-la no fundo da baliza deserta. 

Porém, o GD Estoril Praia respondeu aos 68 minutos, por André Clóvis. Uma má reposição de Charles, guarda-redes do FC Vizela, permitiu a interceção de André Franco, que entregou a Arthur e este lançou André Clóvis, que atira a contar, fazendo o empate que subsistiria até ao apito final.  

Este resultado permite ao GD Estoril Praia chegar aos 20 pontos, no quarto lugar, à frente do SC Braga. O FC Vizela encontra-se na 13.ª posição da tabela classificativa, com dez pontos.  

Vitória SC 2 – 1 Moreirense FC

No dérbi minhoto desta jornada, a equipa vimaranense adiantou-se aos 19 minutos, por intermédio de Marcus Edwards. Passe de André Almeida, Fábio Pacheco não conseguiu o corte e Edwards fez a bola entrar junto ao segundo poste, fazendo o 1-0.

Um golo que parecia destinado a fazer a diferença, até que, nos dez minutos finais, o marcador voltou a mexer e por duas vezes. Aos 85 minutos, Bruno Duarte ampliou a vantagem dos vimaranenses. Pontapé de canto de Ricardo Quaresma e Bruno Duarte, ao primeiro poste, antecipou-se a Rosic e fez de cabeça o 2-0. Pensou-se que tudo estava resolvido, mas os visitantes viriam a reduzir logo depois, aos 88 minutos, com um golo de Felipe Pires, que, com um grande remate, relançou a dúvida quanto ao desfecho do jogo até ao apito final. 

O Vitória SC destacou-se no sétimo lugar, com 16 pontos, com menos um que o Portimonense SC, enquanto o Moreirense FC segue no 15.º, com oito pontos. 

 

Domingo, 07 de novembro: CD Santa Clara 0 – 3 FC Porto 

O FC Porto bateu o CD Santa Clara por 3-0, vingando, assim, a eliminação na Taça da Liga diante dos açorianos, há menos de duas semanas. Sérgio Oliveira e Luis Díaz, por duas vezes, fizeram os tentos dos dragões, que, assim, mantêm a liderança da prova, agora com 29 pontos. O CD Santa Clara jogou a última meia hora com menos um, após a expulsão de Alano.  

A vitória permite ao FC Porto manter a liderança da I Liga, agora com 29 pontos. Já o CD Santa Clara está em último lugar (18.º), com seis pontos apenas.  

FC Paços de Ferreira 0 – 2 Sporting CP

Os leões foram sempre mais perigosos, mas só conseguiram confirmar essa superioridade na segunda parte, com recurso às velhas fórmulas: golo na sequência de um canto (com Gonçalo Inácio a ‘fazer’ de Coates) e o 2-0 por Pedro Gonçalves.  

O Sporting CP está em segundo lugar, com 29 pontos, os mesmos que o FC Porto e mais um que o rival SL Benfica. Já o FC Paços de Ferreira encontra-se  no 11.º posto, com onze pontos.  

SL Benfica 6 – 1 SC Braga 

O SL Benfica marcou logo aos três minutos, por Grimaldo. O SC Braga ainda respondeu e fez o 1-1, mas, a partir do momento em que Darwin Nuñez fez o 2-1, o SL Benfica não mais parou e Rafa bisou ainda antes do intervalo, deixando o resultado em 4-1 no final dos primeiros 45 minutos. 

Depois, na segunda parte, foi o brasileiro Everton, outra das grandes figuras a noite, a bisar e a fixar o resultado em 6-1.   

Um triunfo que permite ao SL Benfica manter-se apenas um ponto atrás dos rivais FC Porto e Sporting CP na classificação, estando em terceiro lugar na tabela. Já o SC Braga está no quinto posto, com 19 pontos, atrás do  GD Estoril Praia. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta